TEMPOS DE INTERROGAÇÃO? DÚVIDAS? CONFIA NAS FONTES DAS NOTÍCIAS?

Ilustração – Nova logomarca do Instituto Índice Pesquisa. 84 99990-1473. * Arte – Cassiano Cunha

Está achando difícil formar a sua opinião sobre quaisquer assuntos, em quaisquer parte do mundo?

A internet lhe propicia o acesso a inúmeras fontes de informações, sem conseguir lhe garantir a qualidade da informação acessada.

Costumo recomendar a busca de informações em fontes confiáveis.

Mas quais são as fontes confiáveis?

A pergunta pede a interrogação.

O que é interrogação?

Segundo o Aurélio:

“Interrogação

[Do lat. interrogatione.]

Substantivo feminino. 

  1. Ato ou efeito de interrogar(-se); interrogatório.
  2. Ponto de interrogação.
  3. E. Ling. Uma das quatro classes em que se dividem as sentenças simples, cuja função é exprimir a falta de informação sobre determinado tópico, a qual é pedida ao ouvinte, e que se caracteriza pela presença de pelo menos um dos seguintes fatores: (a) entonação interrogativa; (b) presença de um pronome interrogativo. Ex.: Quemdisse tal coisa?; (c) inversão da ordem sujeito-verbo. Ex.: Conseguirá nosso herói libertar-se?[Cf., nesta acepç.: afirmação(8), comando (4) eexclamação (2)].]

Interrogação exclamativa. 1. E. Ling. Sentença que é formalmente uma interrogação, mas que, como a exclamação, funciona para a expressão de sentimentos. Ex.: Não é este um filme maravilhoso?

Interrogação retórica. 1. E. Ling. Sentença que é formalmente uma interrogação, mas que funciona como uma afirmação. Ex.: Que diferença isto faz? (= ‘Isto não faz diferença’).”

Empresas de comunicação que tem vários veículos de informação, entre jornais, emissoras de rádio e televisão e portais de internet, costumam ser fontes de informações mais confiáveis. Conquistaram essa condição, pelo tempo que prestam esses serviços na história. Reduzem, no caso de notícias, as interrogações na sua mente.

Novos portais, novos sites e novos blogues, ao contrário, ainda precisam mostrar serviços para conquistar a credibilidade.

E, às vezes, exageram, provocando com ferramentas viciadas, muitos acessos, acreditando que conquistam credibilidade.

Mas, nem sempre dá certo!

É melhor receber e compatilhar informações confiáveis!

Evita pedir desculpas pelos erros de informação cometidos!

Esse é um movimento fantástico na busca da informação confiável e do conhecimento acreditado.

O que é muito bom!

Para todos nós e para o mundo todo!

É por aí!…

Casciano Vidal

Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>