A VINGANÇA: DRAMA SOCIAL SEM PIEDADE

O ESCRITOR ANTONIO MELO SUPERA O JORNALISTA ANTONIO MELO. E PERCEBA QUE O JORNALISTA TEM UMA HISTÓRIA DE SUCESSO, COM PASSAGEM PELOS MAIORES JORNAIS E REVISTAS DO PAÍS.

OS 70 ANOS DE VIDA E OS 56 DE EXPERIÊNCIA LABORAL DO JORNALISTA, DO REDATOR DE PUBLICIDADE E TAMBÉM DO MARQUETEIRO POLÍTICO, ESTÃO, INTEIRINHAS, NAS ENTRELINHAS DO ROMANCE “A VINGANÇA”, PUBLICADO PELA Z EDITORA, QUE É UM RELATO CRUEL DO DRAMA SOCIAL QUE CARACTERIZA A DUREZA DA VIDA NO NORDESTE, POUCO DIFERENTE DO QUE SE VÊ EM OUTRAS REGIÕES DO BRASIL E TAMBÉM DOS OUTROS PAÍSES LATINOS AQUI NAS AMÉRICAS.

EMBORA ABORDADAS SEM PROFUNDIDADE FILOSÓFICA, AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO POVO ESTÃO NA PRIMEIRA E MUITO BEM ELABORADA FICÇÃO LITERÁRIA DE ANTONIO MELO.

OS COSTUMES SOCIAIS, A RELIGIOSIDADE, A POLÍTICA, A CORRUPÇÃO E OS NEGÓCIOS COM O DINHEIRO DO GOVERNO SAINDO DOS COFRES PÚBLICOS PARA FINANCIAR CAMPANHAS ELEITORAIS, GUERRILHAS URBANAS, PISTOLAGEM E PROSTITUIÇÃO, ESTÃO RELATADOS COM MAESTRIA PELO EXPERIENTE REPÓRTER.

UM DETALHE CHAMA A ATENÇÃO E, DE CARA, COLOCA O AUTOR ANTONIO MELO ENTRE OS MELHORES QUE JÁ ESCREVERAM SOBRE AS AGRURAS SOCIAIS DO NORDESTINO: O RELATO FIEL E CRUEL DA DURA REALIDADE VIVENCIADA NO DIA A DIA DA POPULAÇÃO DESASISTIDA.

OS QUE RECEBEM AS BENESSES E OS PRIVILÉGIOS DO GOVERNO, NA OBRA DE ANTONIO MELO, FAZEM O QUE PODEM E O QUE NÃO DEVERIAM FAZER PARA MANTER AS SUAS MAMATAS.

MATAM E MANDAM MATAR, COMO UMA ATITUDE BANAL E PARTE DA JUSTIFICADA E NECESSÁRIA LUTA PARA A MANUTENÇÃO DOS BENEFICIOS PROPORCIONADOS PELO DINHEIRO PÚBLICO, FONTE INESGOTÁVEL DE RECURSOS PARA UMA REGIÃO CUJA POPULAÇÃO, INFELIZMENTE, VIVE QUASE QUE TOTALMENTE DOS RECURSOS DO TESOURO PÚBLICO, DO GOVERNO.

DÓI, MACHUCA, MAS É REAL E TODO MUNDO SABE. SABE, SIM, MAS FAZ DE CONTA QUE NÃO EXISTE. ATÉ OS DIAS ATUAIS.

AS PERSONAGENS DO DRAMA “A VINGANÇA” E AS SUAS ESTÓRIAS, NO BOM LIVRO DE ANTONIO MELO, SÃO PURA FICÇÃO. MAS, BASTA UMA LEITURA MAIS REFLEXIVA PARA QUE A SEMELHANÇA COM PESSOAS E HISTÓRIAS REAIS COMECEM A SE MISTURAR NESSE DRAMA TERRÍVEL, ONDE REPITO, AS PERSONAGENS E AS ESTÓRIAS, EMBORA FICÇÃO, ACONTECEM NUM CENÁRIO REAL, BASEADO EM HISTÓRIAS REAIS.

É DURO, MAS É A REALIDADE NARRADA NA FICÇÃO!

RECOMENDO! BOA LEITURA!

É POR AÍ!…

A VINGANÇA: DRAMA SOCIAL SEM PIEDADE

O ESCRITOR ANTONIO MELO SUPERA O JORNALISTA ANTONIO MELO. E PERCEBA QUE O JORNALISTA TEM UMA HISTÓRIA DE SUCESSO, COM PASSAGEM PELOS MAIORES JORNAIS E REVISTAS DO PAÍS.

OS 70 ANOS DE VIDA E OS 56 DE EXPERIÊNCIA LABORAL DO JORNALISTA, DO REDATOR DE PUBLICIDADE E TAMBÉM DO MARQUETEIRO POLÍTICO, ESTÃO, INTEIRINHAS, NAS ENTRELINHAS DO ROMANCE “A VINGANÇA”, PUBLICADO PELA Z EDITORA, QUE É UM RELATO CRUEL DO DRAMA SOCIAL QUE CARACTERIZA A DUREZA DA VIDA NO NORDESTE, POUCO DIFERENTE DO QUE SE VÊ EM OUTRAS REGIÕES DO BRASIL E TAMBÉM DOS OUTROS PAÍSES LATINOS AQUI NAS AMÉRICAS.

EMBORA ABORDADAS SEM PROFUNDIDADE FILOSÓFICA, AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO POVO ESTÃO NA PRIMEIRA E MUITO BEM ELABORADA FICÇÃO LITERÁRIA DE ANTONIO MELO.

OS COSTUMES SOCIAIS, A RELIGIOSIDADE, A POLÍTICA, A CORRUPÇÃO E OS NEGÓCIOS COM O DINHEIRO DO GOVERNO SAINDO DOS COFRES PÚBLICOS PARA FINANCIAR CAMPANHAS ELEITORAIS, GUERRILHAS URBANAS, PISTOLAGEM E PROSTITUIÇÃO, ESTÃO RELATADOS COM MAESTRIA PELO EXPERIENTE REPÓRTER.

UM DETALHE CHAMA A ATENÇÃO E, DE CARA, COLOCA O AUTOR ANTONIO MELO ENTRE OS MELHORES QUE JÁ ESCREVERAM SOBRE AS AGRURAS SOCIAIS DO NORDESTINO: O RELATO FIEL E CRUEL DA DURA REALIDADE VIVENCIADA NO DIA A DIA DA POPULAÇÃO DESASISTIDA.

OS QUE RECEBEM AS BENESSES E OS PRIVILÉGIOS DO GOVERNO, NA OBRA DE ANTONIO MELO, FAZEM O QUE PODEM E O QUE NÃO DEVERIAM FAZER PARA MANTER AS SUAS MAMATAS.

MATAM E MANDAM MATAR, COMO UMA ATITUDE BANAL E PARTE DA JUSTIFICADA E NECESSÁRIA LUTA PARA A MANUTENÇÃO DOS BENEFICIOS PROPORCIONADOS PELO DINHEIRO PÚBLICO, FONTE INESGOTÁVEL DE RECURSOS PARA UMA REGIÃO CUJA POPULAÇÃO, INFELIZMENTE, VIVE QUASE QUE TOTALMENTE DOS RECURSOS DO TESOURO PÚBLICO, DO GOVERNO.

DÓI, MACHUCA, MAS É REAL E TODO MUNDO SABE. SABE, SIM, MAS FAZ DE CONTA QUE NÃO EXISTE. ATÉ OS DIAS ATUAIS.

AS PERSONAGENS DO DRAMA “A VINGANÇA” E AS SUAS ESTÓRIAS, NO BOM LIVRO DE ANTONIO MELO, SÃO PURA FICÇÃO. MAS, BASTA UMA LEITURA MAIS REFLEXIVA PARA QUE A SEMELHANÇA COM PESSOAS E HISTÓRIAS REAIS COMECEM A SE MISTURAR NESSE DRAMA TERRÍVEL, ONDE REPITO, AS PERSONAGENS E AS ESTÓRIAS, EMBORA FICÇÃO, ACONTECEM NUM CENÁRIO REAL, BASEADO EM HISTÓRIAS REAIS.

É DURO, MAS É A REALIDADE NARRADA NA FICÇÃO!

RECOMENDO! BOA LEITURA!

É POR AÍ!…

LÚCIA ROCHA REVELOU MARIA EULINA E O CASTELINHO DA RUA APA, NO SEU LIVRO ‘CATADORA DE SONHOS’

Capa do livro ‘Catadora de Sonhos’ – A História Secreta de Maria Eulina – Segunda Edição – Arte: Eduardo Colin – Foto: Graça Matias Vidal

PRIMEIRAMENTE, FORA O RADICALISMO!

Neste final de semana o mundo tomou conhecimento da abertura do Castelinho da Rua Apa, em São Paulo, para um projeto social comandado pela ONG Clube de Mães do Brasil, comandado por Maria Eulina, personagem principal do livro ‘Catadora de Sonhos’ – A História Secreta de Maria Eulina, de autoria da jornalista e cientista social potiguar, mossoroense da gema, Lúcia Rocha.

Com muitas famas, inclusive a de que era mal-assombrado, o Castelinho da Rua Apa, construído no início do século XX no Centro de São Paulo, e abandonado depois de um triplo assassinato em 1937, está aberto depois de quase 80 anos fechado.

Na esquina da Rua Apa com a Avenida São João, no Castelinho vai funcionar a sede da ONG Clube de Mães do Brasil.

A ONG promove atividades de cunho social, educacional e cultural, atendendo a crianças, cidadãos em situação de rua, dependentes químicos e catadores de papel da região e é comandada pela maranhense Maria Eulina Reis Hilsenbeck, uma ex-moradora de rua, principal personagem do livro da jornalista e cientista social Lúcia Rocha.

Castelinho da Rua Apa recuperado – Foto: Internet – Tiago Queiroz – Estadão

Parabéns Lúcia Rocha!

Confirma-se o sucesso de Maria Eulina, antes anunciado no seu livro ‘Catadora de Sonhos’.

Li e gostei da segunda edição, do ano 2005, trabalho editorial da Muribeca / Fundação Guimarães Duque / Fundação Ving-Un Rosado / Coleção Mossoroense, gentilmente enviado pela escritora.

Isso é bom para o Brasil!

É por aí!…

Casciano Vidal

Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

RODRIGO MAIA LUTA POR UMA REELEIÇÃO, NO MANDATO QUE NÃO PREVIA REELEIÇÃO

Rodrigo Maia - Luís Macedo - Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia quer reeleição não prevista no Regimento Interno. * Foto – Internet – Luís Macedo – Câmara dos Deputados.

Breve, espera-se que muito em breve, o Supremo Tribunal Federal – STF, julgue o mérito do Mandato de Segurança impetrado pelo deputado federal André Figueiredo (PDT/CE), no qual ele alega que o deputado Rodrigo Maia foi eleito para o mandato tampão que se equipara ao regular, sujeitando-se às mesmas condições e restrições, de modo que incide a vedação prevista no artigo 57, parágrafo 4º, da Constituição Federal.

A matéria também é objeto da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5632, onde o partido Solidariedade requer ao Supremo que mantenha a interpretação de acordo com o previsto no Regimento Interno da Câmara relativos às eleições com base no que dispõe o artigo 57 da Constituição da República.

Lá, está escrito que é vedada a recondução de membros da mesa para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente.

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), aguarda resposta da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados as informações solicitadas, para dar andamento ao processo.

André Figueiredo quer proibir que a Mesa Diretora da Câmara legitime a candidatura de Maia ou suspenda provisoriamente a eleição, através de liminar.

Cármem Lúcia - Gabriel Francisco Ceccon Enebelo - JusBrasil

Ministra Cármem Lúcia, presidente do STF. * Foto – Internet – Gabriel Francisco Ceccon Enebelo – JusBrasil.

Enquanto isso, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, segue sua agenda de candidato à reeleição, com visitas e conversas políticas, angariando votos para a sua candidatura.

Até agora, com sucesso!

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

MARCELO ODEBRECHT: GÊNIO DA CORRUPÇÃO É DESTRUIDOR DE POLÍTICOS FRÁGEIS

marcelo-odebrecht-veja-editora-abril* Foto – Internet: Marcelo Odebrecht – Veja – Editora Abril.

Nesta quarta-feira, o mundo tomou conhecimento do maior Acordo de Leniência da história, assinado pela Odebrecht e a Braskem, com autoridades do Brasil, Estados Unidos e da Suíça.

As empresas vão pagar, em multas no acordo, aproximadamente R$ 6,959 bi, sendo: R$ 3.131.434.851,37 da Brasken e R$ 3,828 bilhões da Odebrecht.

Voltando ao título…

MARCELO ODEBRECHT: GÊNIO DA CORRUPÇÃO É DESTRUIDOR DE POLÍTICOS FRÁGEIS:

Suas principais vítimas são os políticos despreparados, ou desonestos, que hoje estão nos postos de comando dos partidos políticos e nos principais cargos públicos do Brasil. Há especulações de que Colaboração Premiada, em curso com a justiça brasileira, vai comprometer mais de cem políticos no país.

Nascido em Salvador, na Bahia, Marcelo Bahia Odebrecht, 48 anos completados em 18 de outubro último, empresário, graduado no curso de engenharia civil, pela Universidade Federal da Bahia e pós graduado pelo International Institute for Management Development, assumiu a presidência do Grupo Odebrecht, em 2008, e a partir daí ampliou uma rede de corrupção que se espalhou por 12 países – Angola, Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Guatemala, República Dominicana, Moçambique, México, Panamá, Peru e Venezuela – e o transformou no maior empreiteiro do mundo.

Parece ser o gênio dos grandes negócios, com verba pública nos países em qua atuou. Comprou políticos, bancou campanhas eleitorais, comprou leis específicas (para legalizar suas ações), criou e espalhou uma rede de corrupção, usando políticos frágeis em suas convicções partidárias, doutrinárias e nos procedimentos éticos e morais, no mínimo que se exige para uma atuação política.

Filho de Regina Odebrecht e Emílio Alves Odebrecht, substituiu o pai, no comando dos negócios, quando decidiu sair cooptando todos os políticos que estavam à venda no Brasil e em outros países.

Creio que ele pode ter aproveitado a popularidade internacional do ex-presidente Lula, fazendo-o garoto-propaganda da sua empresa, em países onde desejava realizar negócios, comprar políticos e ganhar muito dinheiro.

Lula era contratado para fazer palestras, apresentava os políticos importantes do país a ele e abria as portas para a criação de uma nova unidade de negócios.

Quando àquele país não tinha dinheiro, não era problema: o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social do Brasil – BNDES, emprestava.

Casado com Isabela Alvarez, pai de Mari Odebrecht, Gabi Odebrecht e Rafa Odebrecht, ele levava uma vida normal, de homem de sucesso empresarial e um ganhador.

sergio-moro-exame-abril

* Foto – Internet: Sérgio Moro – Exame – Abril.

Foi aí que começou a Operação Lava Jato, autorizada pelo Juiz Federal Sérgio Moro, do Paraná, que investigando uma lavagem de dinheiro, chegou ao esquema bilionário de corrupção internacional, que culminou, depois de muita investigação, prisões e depoimentos, na assinatura do maior Acordo de Leniência do Mundo, que a imprensa internacional hoje está divulgado e, na rede mundial de computadores, internautas estão repercutindo a notícia.

deltan-dallagnol-internet

* Foto – Internet: Deltan Dallagnol.

Líder da Força Tarefa da Operação Lava Jato, junto com dezenas de outros procuradores, auditores da receita federal, delegados e peritos da Polícia Federal do Brasil, o procurador Deltan Dallagnol, registrou nas redes sociais, uma mensagem otimista, afirmado que “é possível um Brasil diferente e a hora é agora”.

Ele se referia ao acordo de leniência em valores inimagináveis que a Odebrecht e a Braskem assinaram com autoridades do Brasil, Estados Unidos e da Suíça. Pelo acordo, a Braskem se comprometeu a pagar valor equivalente, na data de assinatura do acordo, a R$ 3.131.434.851,37. Desse montante, aproximadamente R$ 2,3 bilhões serão devidos ao Brasil, para fins de ressarcimento das vítimas. Já a Odebrecht se obrigou a pagar o equivalente a R$ 3,828 bilhões dos quais aproximadamente R$ 3 bilhões também serão destinados ao Brasil, para ressarcir vítimas.

Deltan reforça: “Vou repetir: não só o maior caso de corrupção internacional no mundo foi descoberto pelas autoridades brasileiras, mas também foi alcançado o maior ressarcimento na história mundial em acordos dessa espécie.”

lulaaecio-chumbo-grosso-site-ofiecial-do-msl-movimento-somos-livres

* Foto – Internet: Luís Inácio Lula da Silva e Aécio Neves – Chumbo Grosso – Site Oficial do MSL – Movimento Somos Livres.

Enquanto isso, o ex-presidente Lula, afirmou, sobre a Lava Jato, numa entrevista que foi ao ar na noite desta quarta-feira pela TRT World. “Fico indignado como ser humano, tranquilo como político, sabedor das coisas que fiz. E eles têm que saber que, se eu voltar, vou fazer o mesmo. Vou fazer mais e melhor”.

Sem comentários!

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

PAULO COELHO ACERTA DE NOVO A FÓRMULA: ESCREVE O QUE AS PESSOAS GOSTAM DE LER

     Gostei de ler “A Espiã”, livro simples e fácil. Da primeira à última página (de uma tirada só), Paulo Coelho repete, com maestria, o seu jeito de transformar histórias complicadas, cheia de variáveis, numa narrativa agradável, que flui muito bem na mente de quem está lendo.

image-12

* Capa criada por Alceu Chierosin Nunes, colorização de Olga Shirnina.

     Agora é a história de Mata Hari, numa versão romanceada, mas, sem o menor interesse em ser uma biografia de Margaretha Zelle, como o próprio autor informa no prefácio do livro.

image_4

* Reprodução com foto.

   Coitada de Margaretha, antes de ser “A Espiã”, adolescente foi estuprada pelo diretor da escola onde estudava. Procurou um casamento sem amor, acreditando que estaria conquistando estabilidade para a sua vida, mas arranjou um alcoolista que a espancava. Pior, sabendo do segredo dela, gostava de repetir a cena do estupro.

image-15

* Reprodução com foto.

   Cansada do sofrimento, se fez a mulher dona da própria história. E criou uma cheia de riqueza, luxo e luxúria, mas também com o ingrediente do suspense, ao se assumir uma espiã e acreditar, piamente, que tinha alguma importância no desenrolar da Primera Guerra Mundial.

image_2

* Reprodução com foto.

    Agora já era Mata Hari, que conquistou a fama com pequenas notas em jornais. Quase se encontra com Freud e participou de uma conversa onde estavam Pablo Picasso e Amedeu Modigliano.

image_3

* Reprodução com foto.

    Foi quando a fama subiu à cabeça e brincou de ser a espiã, quando na realidade colecionava fofocas, enquanto ganhava muito dinheiro dos seus homens.

image

* Reprodução com foto.

   Presa, conheceu a negação dos antigos amores pagos. Ninguém aceitou confirmar que a conhecia e restou ao seu advogado, um conselho usando palavras bíblicas. A derrota, uma despedida e a pena de morte.

image_6

* Reprodução com foto.

   Tempos depois, a confisão do promotor André Mornet, de que o processo foi baseado em deduções, extrapolações e suposições.

image_5

* Reprodução com foto.

   O enredo desenvolvido por Paulo Coelho é perfeito. A personagem, sem estrutura psicológica sólida, viveu no sofrimento e na bonança. Mentiu. Brincando com coisa séria, pagou com a vida. Triste, a ficção é baseada na história real.

    Paulo Coelho inova, mais uma vez, com “A Espiã”, repetindo a fórmula do sucesso. Só aumenta a liderança isolada, em qualquer ranking, contabilizando mais de 240 milhões de leitores, espalhados por mais de 170 países, para os seus 34 livros, publicados em mais de 80 idiomas.

    É o que eu penso.

    É por aí!…

    Casciano Vidal

    PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

FAMA, DROGAS E PROSTITUIÇÃO

Está tudo no livro sobre a vida de Andressa Urach

andressaur.690x460

Neste sábado, dia 10, às 11h da manhã, na Livraria Leitura do Natal Shopping Center, a apresentadora de televisão Andressa Urach vai autografar para o público presente, o livro que fala de fama, drogas e prostituição, assuntos detalhados em “Morri para Viver”, escrito pelo vice-presidente de jornalismo da Rede Record, Douglas Tavolaro e publicado pela editora Planeta.

No livro, escrito com maestria por Tavolaro, Urach revela detalhes supreendentes e acrescenta confissões íntimas e surpreendentes da sua personalidade anterior e a obsessão insana por dinheiro e sucesso, marcada por drogas e prostituição.

“Foi muito difícil lembrar e detalhar um passado tão nojento, que me envergonho muito, existem coisas no livro que não conseguiria falar de tão horríveis, mas eu sei que vai ajudar muitas pessoas que querem ser ajudadas por isso aceitei esse projeto!”, afirma a depoente Andressa.

Em 2014, Andressa foi internada em estado gravíssimo devido a uma infecção provocada por aplicações de hidrogel e polimetilmetacrilato (PMMA, na sigla), usados para preenchimento corporal.

Entre a vida e a morte, no período hospitalar, Andressa passou por diversas experiências que transformaram completamente a sua vida.

No domingo, dia 11, às 9h30min, Andressa contará toda sua história na Catedral da Igreja Universal, no bairro Lagoa Nova.

O drama é pesado. Vale a pena ler, pra não repetir os erros provocados pela ganância por dinheiro, as drogas e a luxúria.

0

Serviço:

Livro “Morri Para Viver – Meu Submundo de Fama, Drogas e Prostituição”, com sessão de autógrafos de Andressa Urach.

Data: 10 de Outubro

Hota: 11h

Local: Livraria Leitura, Natal Shopping. Av Sen. Salgado Filho, nº 2234 – Candelária – Natal/RN

É por aí!…

Casciano Vidal

 

COLUNA É POR AÍ!… REVISTA FOCO JULHO 2013

O POVO NAS RUAS QUER MUDANÇAS

Quem diria que o povo brasileiro iria pras ruas protestar livremente? Caracterizado como ordeiro, pacato e da paz, o povo antigamente precisava do chamamento de um partido político, de uma central sindical, de um sindicato ou de uma associação para ir às ruas protestar. Agora tudo muda.

O povo, livre, foi às ruas, sem partidos políticos, sem centrais sindicais, sem sindicatos, sem associações, sem clubes. É assim que está acontecendo: o povo está indo livre às ruas do Brasil protestar contra tudo o que está errado.

O que se deseja é um sistema de transporte coletivo público, eficiente e barato, primeiro pavio a se acender no mar das insatisfações coletivas.

Depois, a luta das ruas ganhou novos argumentos de luta: O povo quer mais saúde pública; deseja mais educação pública; reivindica mais segurança pública e luta ardorosamente por um combate mais eficiente à corrupção, prática descabida e imoral que corrói as instituições da Nação Brasileira.

As autoridades públicas, começando pela presidente Dilma Rousseff e pelos presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, ficaram assustadas e trataram de anunciar providências, que vão desde o anúncio da importação de médicos até a aprovação de leis para acalmar as ruas.

Até agora, as medidas anunciadas não surtiram o efeito desejado. Muito antes pelo contrário: atiçaram mais a fome de justiça do povo.

Também há quem veja em alguns setores dos protestos contra Dilma, o dedo do ex-presidente Lula e dos condenados no processo do Mensalão, José Dirceu, José Genoíno e João Paulo Cunha.

Não devemos acreditar, até porque o destino dos condenados é a cadeia, enquanto o ex-presidente Lula dedica todo o seu tempo a cuidar da própria saúde.

É por aí!….

O MARKETING DE ROSALBA É…

Muito se tem especulado sobre os objetivos do marketing da governadora Rosalba Ciarlini. Sem obras e realizações de governo para mostrar ao povo (excessão para a Arena das Dunas), a maior preocupação dos principais assessores da governadora é criar situações negativas e de embaraço público para o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.

… BATER NO PREFEITO CARLOS EDUARDO

Entendem esses mesmos ‘pensadores políticos’ que a principal derrota da governadora será o sucesso do prefeito Carlos Eduardo. Portanto (estariam eles a defender), seria preciso denunciar e escandalizar qualquer ato administrativo do prefeito Carlos Eduardo, ou dos secretários municpais, como forma de ocupar espaços na mídia, e ao mesmo tempo, esconder a governadora Rosalba e os seus fracassos da opinião pública.

HENRIQUE E GARIBALDI ESTÃO DE OLHO

Assessores do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Eduardo Alves, e do ministro da Previdência Social, o senador licenciado Garibaldi Alves Filho, estariam acompanhando atentamente essa ação do marketing de Rosalba (de bater em Carlos Eduardo), e repassam relatórios para o primo e o tio do prefeito.

CARLOS EDUARDO NA PAZ COM O POVO

Aplaudido pela maioria dos empresários da Federação do Comércio e da Câmara de Dirigentes Lojistas, o prefeito Carlos Eduardo agradeceu o convite para apresentar um relatório de prestação de contas dos seus primeiros 200 dias como prefeito de Natal, que agradou e convenceu os presentes.

SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA

Preocupa a governadora Rosalba Ciarlini, o despreparo do seu governo, que não consegue equacionar os problemas da saúde, da educação e da segurança públicas. Profissionais da saúde e da segurança estão em ‘pé de guerra’ com o Governo Rosalba.

BIOMETRIA NA HORA DO VOTO

Prossegue o Projeto de Revisão Eleitoral com Coleta Biométrica, realizado pelo TRE-RN, para os mais de 520 mil eleitores de Natal.

FRASES

É uma vitória do Estado.” Da governadora Rosalba Ciarlini, sobre o empréstimo que viabiliza o RN Sustentável, no portalnoar.com.br.

É a salvação do Governo Rosalba.” Do senador José Agripino, sobre o RN Sustentável, no portalnoar.com.br.

O RN Sustentável (…) duvido que o Governo consiga executá-lo, que tenha condição de colocá-lo em prática.” Do deputado José Dias, no portalnoar.com.br.

Rosalba Ciarlini vai ter mais um abacaxi para descascar com os policiais civis. Nada de concurso ou aumento salarial para categoria.” Da jornalista Laurita Arruda, no seu blog Território Livre.

De estilingue à vidraça, preferi o silêncio.” Da advogada Laurita Arruda Câmara, sobre a viagem ao Rio no avião da FAB, no seu blog Território Livre.

“Eu nunca faço nada se eu achar que está errado. Os meus princípios são maiores do que qualquer legalidade, que qualquer lei.” Do publicitário Arturo Arruda Câmara, ao jornalista Agostinho Teixeira, na Rádio Bandeirantes.

“Eu sei lidar com jornalista e sei que jornalista adora botar palavra na boca de entrevistado.” Do publicitário Arturo Arruda Câmara, ao jornalista Agostinho Teixeira, na Rádio Bandeirantes.

Da mesma forma que até dois meses era pecado falar mal do governo Dilma, agora existe repressão p falar do estado de saúde de Lula!” Do jornalista e advogado Gustavo Negreiros, no seu Twitter.

“Dilma foi pro culto orar. Será que ela vai findar pastora igual a Micarla?” Do empresário Gustavo Rocha, no seu Twitter.

Eu passo 1/3 do meu tempo procurando trabalho, 1/3 trabalhando, e 1/3 tentando receber o pagamento combinado.” Do escritor, compositor e poeta Bráulio Tavares, no seu Twitter.

ME DISSERAM!…

… Que a estratégia o marketing de Rosalba Ciarlini, de bater em Carlos Eduardo, não agrada a Agnelo, nem a Henrique e muito menos a Garibaldi, todos com sobrenome Alves. Será?…

… Que ninguém conseguiu encaixar respeito a ética e a moral nas explicações sobre o uso do avião da FAB pelo deputado Henrique Alves. Será?…

… Que a presidente Dilma está se aproxima mais de líderes religiosos, ao mesmo tempo em que, paradoxalmente, se distancia de líderes políticos. Será?…

… Que as pessoas que procuram ler notícias sobre governos, acabam lendo notícias sobre corrupção. Será?…

REVISTA FOCO – JULHO DE 2013 – BREVE NAS BANCAS E NA CASA DOS ASSINANTES.

 

COLUNA É POR AÍ!… REVISTA FOCO JULHO 2013

O POVO NAS RUAS QUER MUDANÇAS

Quem diria que o povo brasileiro iria pras ruas protestar livremente? Caracterizado como ordeiro, pacato e da paz, o povo antigamente precisava do chamamento de um partido político, de uma central sindical, de um sindicato ou de uma associação para ir às ruas protestar. Agora tudo muda.

O povo, livre, foi às ruas, sem partidos políticos, sem centrais sindicais, sem sindicatos, sem associações, sem clubes. É assim que está acontecendo: o povo está indo livre às ruas do Brasil protestar contra tudo o que está errado.

O que se deseja é um sistema de transporte coletivo público, eficiente e barato, primeiro pavio a se acender no mar das insatisfações coletivas.

Depois, a luta das ruas ganhou novos argumentos de luta: O povo quer mais saúde pública; deseja mais educação pública; reivindica mais segurança pública e luta ardorosamente por um combate mais eficiente à corrupção, prática descabida e imoral que corrói as instituições da Nação Brasileira.

As autoridades públicas, começando pela presidente Dilma Rousseff e pelos presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, ficaram assustadas e trataram de anunciar providências, que vão desde o anúncio da importação de médicos até a aprovação de leis para acalmar as ruas.

Até agora, as medidas anunciadas não surtiram o efeito desejado. Muito antes pelo contrário: atiçaram mais a fome de justiça do povo.

Também há quem veja em alguns setores dos protestos contra Dilma, o dedo do ex-presidente Lula e dos condenados no processo do Mensalão, José Dirceu, José Genoíno e João Paulo Cunha.

Não devemos acreditar, até porque o destino dos condenados é a cadeia, enquanto o ex-presidente Lula dedica todo o seu tempo a cuidar da própria saúde.

É por aí!….

O MARKETING DE ROSALBA É…

Muito se tem especulado sobre os objetivos do marketing da governadora Rosalba Ciarlini. Sem obras e realizações de governo para mostrar ao povo (excessão para a Arena das Dunas), a maior preocupação dos principais assessores da governadora é criar situações negativas e de embaraço público para o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.

… BATER NO PREFEITO CARLOS EDUARDO

Entendem esses mesmos ‘pensadores políticos’ que a principal derrota da governadora será o sucesso do prefeito Carlos Eduardo. Portanto (estariam eles a defender), seria preciso denunciar e escandalizar qualquer ato administrativo do prefeito Carlos Eduardo, ou dos secretários municpais, como forma de ocupar espaços na mídia, e ao mesmo tempo, esconder a governadora Rosalba e os seus fracassos da opinião pública.

HENRIQUE E GARIBALDI ESTÃO DE OLHO

Assessores do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Eduardo Alves, e do ministro da Previdência Social, o senador licenciado Garibaldi Alves Filho, estariam acompanhando atentamente essa ação do marketing de Rosalba (de bater em Carlos Eduardo), e repassam relatórios para o primo e o tio do prefeito.

CARLOS EDUARDO NA PAZ COM O POVO

Aplaudido pela maioria dos empresários da Federação do Comércio e da Câmara de Dirigentes Lojistas, o prefeito Carlos Eduardo agradeceu o convite para apresentar um relatório de prestação de contas dos seus primeiros 200 dias como prefeito de Natal, que agradou e convenceu os presentes.

SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA

Preocupa a governadora Rosalba Ciarlini, o despreparo do seu governo, que não consegue equacionar os problemas da saúde, da educação e da segurança públicas. Profissionais da saúde e da segurança estão em ‘pé de guerra’ com o Governo Rosalba.

BIOMETRIA NA HORA DO VOTO

Prossegue o Projeto de Revisão Eleitoral com Coleta Biométrica, realizado pelo TRE-RN, para os mais de 520 mil eleitores de Natal.

FRASES

É uma vitória do Estado.” Da governadora Rosalba Ciarlini, sobre o empréstimo que viabiliza o RN Sustentável, no portalnoar.com.br.

É a salvação do Governo Rosalba.” Do senador José Agripino, sobre o RN Sustentável, no portalnoar.com.br.

O RN Sustentável (…) duvido que o Governo consiga executá-lo, que tenha condição de colocá-lo em prática.” Do deputado José Dias, no portalnoar.com.br.

Rosalba Ciarlini vai ter mais um abacaxi para descascar com os policiais civis. Nada de concurso ou aumento salarial para categoria.” Da jornalista Laurita Arruda, no seu blog Território Livre.

De estilingue à vidraça, preferi o silêncio.” Da advogada Laurita Arruda Câmara, sobre a viagem ao Rio no avião da FAB, no seu blog Território Livre.

“Eu nunca faço nada se eu achar que está errado. Os meus princípios são maiores do que qualquer legalidade, que qualquer lei.” Do publicitário Arturo Arruda Câmara, ao jornalista Agostinho Teixeira, na Rádio Bandeirantes.

“Eu sei lidar com jornalista e sei que jornalista adora botar palavra na boca de entrevistado.” Do publicitário Arturo Arruda Câmara, ao jornalista Agostinho Teixeira, na Rádio Bandeirantes.

Da mesma forma que até dois meses era pecado falar mal do governo Dilma, agora existe repressão p falar do estado de saúde de Lula!” Do jornalista e advogado Gustavo Negreiros, no seu Twitter.

“Dilma foi pro culto orar. Será que ela vai findar pastora igual a Micarla?” Do empresário Gustavo Rocha, no seu Twitter.

Eu passo 1/3 do meu tempo procurando trabalho, 1/3 trabalhando, e 1/3 tentando receber o pagamento combinado.” Do escritor, compositor e poeta Bráulio Tavares, no seu Twitter.

ME DISSERAM!…

… Que a estratégia o marketing de Rosalba Ciarlini, de bater em Carlos Eduardo, não agrada a Agnelo, nem a Henrique e muito menos a Garibaldi, todos com sobrenome Alves. Será?…

… Que ninguém conseguiu encaixar respeito a ética e a moral nas explicações sobre o uso do avião da FAB pelo deputado Henrique Alves. Será?…

… Que a presidente Dilma está se aproxima mais de líderes religiosos, ao mesmo tempo em que, paradoxalmente, se distancia de líderes políticos. Será?…

… Que as pessoas que procuram ler notícias sobre governos, acabam lendo notícias sobre corrupção. Será?…

REVISTA FOCO – JULHO DE 2013 – BREVE NAS BANCAS E NA CASA DOS ASSINANTES.