3 DECISÕES FAZEM A SEMANA FICAR MAIS QUENTE EM BRASÍLIA

Supremo Tribunal Federal. * Foto – Internet – Livre

A definição, por sorteio, do sucessor do ministro Teori Zavascki, nesta quarta-feira, em Brasília; a eleição do presidente do Senado da República, também nesta quarta-feira, e a eleição do presidente da Câmara dos Deputados, amanhã, quinta-feira, são 3 decisões muito importantes para o futuro do Brasil.

No Supremo Tribunal Federal – STF, a maioria dos ministros acredita que o melhor nome, entre eles, é o do ministro Luiz Edson Facchin, por isso ele já está substituindo Teori, na segunda turma. Com Facchin assumindo a relatoria da Operação Lava Jato, não haveria problemas de continuidade nas apurações do maior roubo de dinheiro público do planeta.

Congresso Nacional. * Foto – Internet – livrespensadores.net

No Congresso Nacional, há expectativas com a eleição do presidente do Senado, onde o principal concorrente é o senador Eunício de Oliveira, do PMDB do Ceará, embora exista também a candidatura do senador José Medeiros, do PSD de Mato Grosso.

Na Câmara dos Deputados, o principal concorrente é o deputado Rodrigo Maia, do DEM do Rio de Janeiro, atual presidente, que depende ainda, de um julgamento do STF sobre a validade jurídica da sua candidatura. Os outros concorrentes são os deputados Jovair Arantes, do PTB de Goiás, e Rogértio Rosso, do PSD do Distrito Federal.

E fica um registro: os nomes de Eunício Oliveira e Rodrigo Maia estão com imagem extremamente negativa na opinião pública nacional, entre outras coisas porque são investigados na Operação Lava Jato.

E seria péssimo para as casas legislativas, manterem na presidência parlamentares investigados em casos de corrupção.

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

BRASÍLIA ESTÁ QUENTE, MAS CLIMA POLÍTICO SÓ VAI ESQUENTAR PRÓXIMA SEMANA

A presidente Cármem Lúcia: a candura do coração e o pulso firme da justiça. * Foto – Internet – O Globo – Jorge William – Agência O Globo.

Está nas mãos da presidente do Supremo Tribuna Federal – STF, ministra Cármem Lúcia, manter o governo brasileiro em harmonia, a partir da próxima semana.

Apesar do calor e da falta de água, só o STF pode “agarrar o touro pelos chifres”, no Brasil de hoje.

Os fatos mais importantes do país, neste momento, estão semi-prontos para sairem do STF.

Marcelo Odebrecht. * Foto – Internet – Pensar Brasil.

O primeiro deles é, inegavelmente, a homologação do Acordo de Leniência do Grupo Odebrecht e a aceitação da Colaboração Premiada dos seus mais de 70 diretores, na Operação Lava Jato.

 Rodrigo Maia. * Foto – Internet – O Globo.

O segundo será analisar e julgar, a participação do deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, no seu processo sucessório, como candidato à reeleição e como presidente da Casa e do processo eleitoral.

Autoridade máxima do Poder Judiciário no país, Cármem Lúcia é uma mulher de fibra forte e vaio contribuir para manter governantes e povo em equilíbrio.

Renan Calheiros. * Foto – Internet – Marcos Oliveira – Agência Senado.

O Poder Legislativo vai mudar os presidentes das duas Câmaras: a Alta, o Senado da República, e a Baixa, a Câmara dos Deputados (ou Câmara Federal). As eleições acontecerão na quarta-feira, dia primeiro de fevereiro, no Senado; e na quinta-feira, dia 2 de fevereiro, na Câmara dos Deputados.

Eunício Oliveira. * Foto – Internet – Tribuna do Ceará – Uol.

Renan Calheiros (PMDB-AL) sai da presidência do Senado e o seu partido quer eleger Eunício Oliveira (PMDB-CE) para o cargo.

 José Medeiros. * Foto – Internet – Época.

Mas também tem o senador José Medeiros (PSD-MT), como candidato alternativo, de oposição, tentando convencer os senadores a mudar o comando daquela casa legislativa.

Jovair Arantes. * Foto – Internet – Veja – Abril.com.

Na Câmara dos Deputados, além da insistência de Rodrigo Maia pela sua reeleição, também os deputados Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF) almejam a mesma posição.

 Rogério Rosso. * Foto – Internet – Cláudio Araújo – PSD.

O Poder Executivo acompanha, observa e participa, sem brigar, sem tomar partido.

Michel Temer. * Foto – Internet – Correio Braziliense – Orlando Brito – Divulgação.

Não é do estilo do presidente Michel Temer bater de frente com adversários ou inimigos.

É como se ele preferisse cortar caminho para não encontrar confusão e trabalhar os seus objetivos políticos sem enfrentamento.

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com