TEMOS SEGURANÇA HÍDRICA?

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 17-11-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, E O RESTO DO MUNDO, HOJE A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA VAI DAR UM IMPORTANTE E SIGNIFICATIVO PASSO AO REALIZAR, A PARTIR DAS 14 HORAS, A AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DISCUTIR “GESTÃO DAS ÁGUAS E SEGURANÇA HÍDRICA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE”, PROMOVIDA PELO SENADO FEDERAL. ESSA AÇÃO É PROPOSTA PELA COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO (CRD), PRESIDIDA PELA SENADORA POTIGUAR FÁTIMA BEZERRA (PT). O DEBATE VAI REUNIR DEPUTADOS ESTADUAIS, PREFEITOS, VEREADORES E AUTORIDADES LOCAIS LIGADAS AO TEMA, ALÉM DE SENADORES E DEPUTADOS FEDERAIS. ESTÁ DE PARABÉNS O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA, DEPUTADO EZEQUIEL FERREIRA DE SOUSA, QUE VAI NACIONALIZAR ESSE ASSUNTO, O QUE SERÁ BOM PARA O RIO GRANDE DO NORTE, QUE PODERÁ BUSCAR SOLUÇÕES PARA OS GRAVES PROBLEMAS HÍDRICOS, OU A POPULAR FALTA DE ÁGUA, COM O APOIO DO GOVERNO FEDERAL. A SENADORA FÁTIMA BEZERRA, SEMPRE FALOU QUE APESAR DA RIQUEZA HÍDRICA DO TERRITÓRIO BRASILEIRO, O MITO DA ABUNDÂNCIA DAS ÁGUAS PRECISA SER SUPERADO E O TEMA DA SEGURANÇA HÍDRICA, PRINCIPALMENTE NAS ÁREAS QUE SÃO AFETADAS COM GRAVE ESCASSEZ, TORNA-SE VITAL PARA AS PESSOAS E PARA A ECONOMIA NUM CONTEXTO DE INCERTEZAS CLIMÁTICAS. ESSA SITUAÇÃO REQUER ATENÇÃO DESTACADA DOS ÓRGÃOS DO GOVERNO E DO PARLAMENTO BRASILEIRO, O QUE É INEGÁVEL. HÁ PERSPETIVAS DA PARTICIPAÇÃO DA SENADORA LÍDICE DA MATA, DO PSB DA BAHIA, E DO SENADOR HUMBERTO COSTA, DO PT DE PERNAMBUCO. O DEBATE ACONTECE NO AUDITÓRIO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA E É ABERTO À POPULAÇÃO. EU VOU LÁ, PORQUE ESSE ASSUNTO É MUITO IMPORTANTE E NÃO PODEMOS DEIXAR PASSAR EM BRANCO UMA OPORTUNIDADE COMO ESTA, DE APELAR POR MELHORES E MAIS EFICIENTES SOLUÇÕES PARA OS PROBLEMAS DA ESTIAGEM, QUE GERA INSEGURANÇA HÍDRICA. É ESSA A MINHA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

TEMOS SEGURANÇA HÍDRICA?

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 17-11-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, E O RESTO DO MUNDO, HOJE A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA VAI DAR UM IMPORTANTE E SIGNIFICATIVO PASSO AO REALIZAR, A PARTIR DAS 14 HORAS, A AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DISCUTIR “GESTÃO DAS ÁGUAS E SEGURANÇA HÍDRICA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE”, PROMOVIDA PELO SENADO FEDERAL. ESSA AÇÃO É PROPOSTA PELA COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO (CRD), PRESIDIDA PELA SENADORA POTIGUAR FÁTIMA BEZERRA (PT). O DEBATE VAI REUNIR DEPUTADOS ESTADUAIS, PREFEITOS, VEREADORES E AUTORIDADES LOCAIS LIGADAS AO TEMA, ALÉM DE SENADORES E DEPUTADOS FEDERAIS. ESTÁ DE PARABÉNS O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA, DEPUTADO EZEQUIEL FERREIRA DE SOUSA, QUE VAI NACIONALIZAR ESSE ASSUNTO, O QUE SERÁ BOM PARA O RIO GRANDE DO NORTE, QUE PODERÁ BUSCAR SOLUÇÕES PARA OS GRAVES PROBLEMAS HÍDRICOS, OU A POPULAR FALTA DE ÁGUA, COM O APOIO DO GOVERNO FEDERAL. A SENADORA FÁTIMA BEZERRA, SEMPRE FALOU QUE APESAR DA RIQUEZA HÍDRICA DO TERRITÓRIO BRASILEIRO, O MITO DA ABUNDÂNCIA DAS ÁGUAS PRECISA SER SUPERADO E O TEMA DA SEGURANÇA HÍDRICA, PRINCIPALMENTE NAS ÁREAS QUE SÃO AFETADAS COM GRAVE ESCASSEZ, TORNA-SE VITAL PARA AS PESSOAS E PARA A ECONOMIA NUM CONTEXTO DE INCERTEZAS CLIMÁTICAS. ESSA SITUAÇÃO REQUER ATENÇÃO DESTACADA DOS ÓRGÃOS DO GOVERNO E DO PARLAMENTO BRASILEIRO, O QUE É INEGÁVEL. HÁ PERSPETIVAS DA PARTICIPAÇÃO DA SENADORA LÍDICE DA MATA, DO PSB DA BAHIA, E DO SENADOR HUMBERTO COSTA, DO PT DE PERNAMBUCO. O DEBATE ACONTECE NO AUDITÓRIO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA E É ABERTO À POPULAÇÃO. EU VOU LÁ, PORQUE ESSE ASSUNTO É MUITO IMPORTANTE E NÃO PODEMOS DEIXAR PASSAR EM BRANCO UMA OPORTUNIDADE COMO ESTA, DE APELAR POR MELHORES E MAIS EFICIENTES SOLUÇÕES PARA OS PROBLEMAS DA ESTIAGEM, QUE GERA INSEGURANÇA HÍDRICA. É ESSA A MINHA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

E VOCÊ? JÁ CONVERSOU SOBRE AS ELEIÇÕES 2018?

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 10-11-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, E O RESTO DO MUNDO, VOCÊ PODE ATÉ NÃO ADMITIR, MAS COM CERTEZA, EM ALGUM MOMENTO DA SUA VIDA NESTE ANO, VOCÊ JÁ CONVERSOU COM ALGUÉM, SEJA UM FAMILIAR, UM AMIGO, UM COLEGA DE TRABALHO OU MESMO COM OS COMPANHEIROS DE ESTUDOS OU ATIVIDADES DE LAZER, COMO A PRÁTICA ESPORTIVA, POR EXEMPLO, SOBRE AS ELEIÇÕES 2018. ATÉ O MOMENTO, JÁ MANIFESTARAM A INTENÇÃO DE ASSUMIR UMA CANDIDATURA, OU FORAM CITADOS COMO PROVÁVEIS CANDIDATOS, OU ATUAIS PRÉ-CANDIDATOS, PARA DISPUTAR O SENADO DA REPÚBLICA, ONDE SERÃO DOIS ELEITOS, POIS O SENADO RENOVA DOIS TERÇOS NAS ELEIÇÕES 2018, OS SEGUINTES NOMES: CANDIDATOS NATURAIS, GARIBALDI ALVES FILHO, DO PMDB, E JOSÉ AGRIPINO MAIA, DO DEMOCRATAS. QUE OS PARTIDOS DESEJAM QUE SEJA CANDIDATOS TEM JOANILSON DE PAULA REGO, NO PSDC; A DEPUTADA FEDERAL ZENAIDE MAIA, HOJE NO PR E TAMBÉM O EX-SENADOR / EX-GOVERNADOR GERALDO MELO, DO PMDB. ISSO SIGNIFICA QUE NÃO SURGIRAM, AINDA, TODOS OS NOMES POSSÍVEIS PARA A COMPETIÇÃO PELOS DOIS MANDATOS DE SENADOR QUE ESTARÃO EM DISPUTA. NA DISPUTA PELO GOVERNO DO ESTADO, PELO CARGO DE GOVERNADOR, O ÚNICO CANDIDATO NATO É O ATUAL GOVERNADOR ROBINSON FARIA, DO PSD. HÁ CONTROVÉRSIAS SOBRE A POSSIBILIDADE DE ROBINSON DISPUTAR NOVO MANDATO, EM FUNÇÃO DAS INVESTIGAÇÕES EM CURSO, AUTORIZADAS PELO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA – O STJ. NINGUÉM SABE O QUE PODERÁ SURGIR DESSAS INVESTIGAÇÕES. OUTRO POSSÍVEL CANDIDATO É O ATUAL PREFEITO DE NATAL, CARLOS EDUARDO, DO PDT, QUE PODERÁ SER CANIDATO, OU NÃO; COM O APOIO E COLIGADO AO PMDB, OU NAO. DEPOIS VEM A SENADORA FÁTIMA BEZERRA, QUE TEM TRABALHADO COMO PRÉ-CANDIDATA DENTRO DO SEU PARTIDO, O PT. TEM AINDA A VEREADORA DO PSDC, LÁ DE GROSSOS, CORISA LINHARES. TAMBÉM JÁ OUVI COMENTÁROS SOBRE O CHAMAMENTO DOS PARTIDOS PARA TER O EMPRESÁRIO FLÁVIO ROCHA, DO GRUPO GUARARAPES / RIACHUELO, OU O EMPRESÁRIO MARCELO ALECRIM, DO GRUPO ALESAT, COMO CANDIDATOS. É EVIDENTE QUE OUTROS NOMES AINDA VÃO SURGIR, MAS QUE O ELEITOR JÁ ESTÁ PENSANDO, REFLETINDO E CONVERSANDO SOBRE ESSES NOMES, COM CERTEZA JÁ ESTÁ. E QUEM DESEJA, ALMEJA E PRETENDE SER CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DO PRÓXIMO ANO, COMECE AS SUAS CONVERSAS, ARTICULAÇÕES PARA TER INFORMAÇÕES E DESCOBRIR SE VALE A PENA SER CANDIDATO OU NÃO. O MOMENTO É AGORA. A HORA É ESSA. É ESSA A MINHA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

E VOCÊ? JÁ CONVERSOU SOBRE AS ELEIÇÕES 2018?

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 10-11-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, E O RESTO DO MUNDO, VOCÊ PODE ATÉ NÃO ADMITIR, MAS COM CERTEZA, EM ALGUM MOMENTO DA SUA VIDA NESTE ANO, VOCÊ JÁ CONVERSOU COM ALGUÉM, SEJA UM FAMILIAR, UM AMIGO, UM COLEGA DE TRABALHO OU MESMO COM OS COMPANHEIROS DE ESTUDOS OU ATIVIDADES DE LAZER, COMO A PRÁTICA ESPORTIVA, POR EXEMPLO, SOBRE AS ELEIÇÕES 2018. ATÉ O MOMENTO, JÁ MANIFESTARAM A INTENÇÃO DE ASSUMIR UMA CANDIDATURA, OU FORAM CITADOS COMO PROVÁVEIS CANDIDATOS, OU ATUAIS PRÉ-CANDIDATOS, PARA DISPUTAR O SENADO DA REPÚBLICA, ONDE SERÃO DOIS ELEITOS, POIS O SENADO RENOVA DOIS TERÇOS NAS ELEIÇÕES 2018, OS SEGUINTES NOMES: CANDIDATOS NATURAIS, GARIBALDI ALVES FILHO, DO PMDB, E JOSÉ AGRIPINO MAIA, DO DEMOCRATAS. QUE OS PARTIDOS DESEJAM QUE SEJA CANDIDATOS TEM JOANILSON DE PAULA REGO, NO PSDC; A DEPUTADA FEDERAL ZENAIDE MAIA, HOJE NO PR E TAMBÉM O EX-SENADOR / EX-GOVERNADOR GERALDO MELO, DO PMDB. ISSO SIGNIFICA QUE NÃO SURGIRAM, AINDA, TODOS OS NOMES POSSÍVEIS PARA A COMPETIÇÃO PELOS DOIS MANDATOS DE SENADOR QUE ESTARÃO EM DISPUTA. NA DISPUTA PELO GOVERNO DO ESTADO, PELO CARGO DE GOVERNADOR, O ÚNICO CANDIDATO NATO É O ATUAL GOVERNADOR ROBINSON FARIA, DO PSD. HÁ CONTROVÉRSIAS SOBRE A POSSIBILIDADE DE ROBINSON DISPUTAR NOVO MANDATO, EM FUNÇÃO DAS INVESTIGAÇÕES EM CURSO, AUTORIZADAS PELO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA – O STJ. NINGUÉM SABE O QUE PODERÁ SURGIR DESSAS INVESTIGAÇÕES. OUTRO POSSÍVEL CANDIDATO É O ATUAL PREFEITO DE NATAL, CARLOS EDUARDO, DO PDT, QUE PODERÁ SER CANIDATO, OU NÃO; COM O APOIO E COLIGADO AO PMDB, OU NAO. DEPOIS VEM A SENADORA FÁTIMA BEZERRA, QUE TEM TRABALHADO COMO PRÉ-CANDIDATA DENTRO DO SEU PARTIDO, O PT. TEM AINDA A VEREADORA DO PSDC, LÁ DE GROSSOS, CORISA LINHARES. TAMBÉM JÁ OUVI COMENTÁROS SOBRE O CHAMAMENTO DOS PARTIDOS PARA TER O EMPRESÁRIO FLÁVIO ROCHA, DO GRUPO GUARARAPES / RIACHUELO, OU O EMPRESÁRIO MARCELO ALECRIM, DO GRUPO ALESAT, COMO CANDIDATOS. É EVIDENTE QUE OUTROS NOMES AINDA VÃO SURGIR, MAS QUE O ELEITOR JÁ ESTÁ PENSANDO, REFLETINDO E CONVERSANDO SOBRE ESSES NOMES, COM CERTEZA JÁ ESTÁ. E QUEM DESEJA, ALMEJA E PRETENDE SER CANDIDATO NAS ELEIÇÕES DO PRÓXIMO ANO, COMECE AS SUAS CONVERSAS, ARTICULAÇÕES PARA TER INFORMAÇÕES E DESCOBRIR SE VALE A PENA SER CANDIDATO OU NÃO. O MOMENTO É AGORA. A HORA É ESSA. É ESSA A MINHA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

A PENÚRIA DOS MUNICÍPIOS

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 24-10-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, QUE EXISTE UMA CRISE, EXISTE SIM. QUE O GOVERNO FEDERAL ESTÁ ENFRENTANDO MUITOS PROBLEMAS DE DINHEIRO, ESTÁ SIM. MAS A SITUAÇÃO DOS ESTADOS E DOS MUNICÍPIOS DO PAÍS JÁ ESTÁ BEIRANDO O CAOS ADMINISTRATIVO E POLÍTICO, ONDE ESSE CAOS AINDA NÃO SE INSTALOU. A SITUAÇÃO DOS MUNICÍPIOS É DE PENÚRIA TOTAL! VOCÊ PODE ATÉ PENSAR: MAS A CULPA É DOS POLÍTICOS E DA CORRUPÇÃO! NEM TUDO, AMIGO, NEM TUDO! CLARO QUE A CORRUPÇÃO É GRAVE E DEVE SER PUNIDA SEVERAMENTE PARA QUE NÃO MAIS SE REPITA COM O PAÍS O QUE ACONTECEU NOS ÚLTIMOS ANOS. NESTA SEGUNDA-FEIRA, MAIS DE 130 PREFEITOS DOS 167 MUNICÍPIOS DO RIO GRANDE DO NORTE, PARTICIPARAM DE UMA REUNIÃO COM A BANCADA FEDERAL DO ESTADO, PRA APELAR EM BUSCA DE UMA SOLUÇÃO PARA OS PROBLEMAS FINANCEIROS, QUE PASSARIA POR UMA DECISÃO DO GOVERNO FEDERAL AJUDAR OS MUNICÍPIOS. A REUNIÃO FOI ORGANIZADA PELA FEDERAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO RN – FEMURN. DA BANCADA FEDERAL PARTICIPARAM: OS SENADORES JOSÉ AGRIPINO (DEMOCRATAS); GARIBALDI ALVES (PMDB) E FÁTIMA BEZERRA (PT). OS DEPUTADOS FEDERAIS PRESENTES FORAM: FELIPE MAIA (DEMOCRATAS), QUE É O COORDENADOR DA AÇÃO POLÍTICA DA BANCADA; ANTONIO JÁCOME (PODEMOS); BETO ROSADO (PP); FÁBIO FARIA (PSD); RAFAEL MOTTA (PSB); WALTER ALVES (PMDB); E ZENAIDE MAIA (PR). O PRINCIPAL ASSUNTO DA PAUTA FOI A AJUDA FINANCEIRA AOS MUNICÍPIOS. OS PREFEITOS PRECISAM DE DINHEIRO, SOB PENA DE, LITERALMENTE, FECHAREM AS PORTAS DAS PREFEITURAS. O CASO É SÉRIO E MUITO GRAVE, GRAVÍSSIMO! ESSA SITUAÇÃO SE REPETE NA GRANDE MAIORIA DOS MAIS DE CINCO MIL MUNICÍPIOS DO BRASIL. ESTÁ NA HORA DA CLASSE POLÍTICA RECONSQUISTAR A OPINIÃO PÚBICA, O QUE VAI ACONTECER COM MUITO TRABALHO E MAIS ZELO COM A COISA PÚBLICA. A PERSISTIREM OS DESMANDOS DA CORRUPÇÃO, NOS TRÊS NÍVEIS DE GOVERNOS, O PRÓXIMO ANO TERÁ UMA FANTÁSTICA RENOVAÇÃO DE QUADROS. PORQUE, AFINAL DE CONTAS, A GESTÃO PÚBLICA PRECISA MELHORAR, E MUITO, PARA VOLTAR A OFERECER SERVIÇOS DIGNOS AO CIDADÃO. QUE COMECE, URGENTE, PELA SEGURANÇA, SAÚDE E EDUCAÇÃO. A CLASSE POLÍTICA DEVE SE UNIR, ESQUECENDO DIVERGÊNCIAS PARTIDÁRIAS, EM BUSCA DA PRÓPRIA SOBREVIVÊNCIA. DO CONTRÁRIA, MUITAS MUDANÇAS VÃO ACONTECER E OS PROTAGONISTAS SERÃO OUTROS. É A MINHA MODESTA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

TODOS UNIDOS PELA SEGURANÇA

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 20-10-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, QUE O PROBLEMA DA VIOLÊNCIA URBANA É SERÍSSIMO, ISSO TODO MUNDO JÁ SABE. QUE OS GOVERNOS, SOZINHOS, NÃO TEM COMO COMBATER E VENCER ESSE PROBLEMA, ISSO TAMBÉM TODO MUNDO JÁ SABE, À EXEMPLO DO QUE ACONTECE NO RIO DE JANEIRO, PRATICAMENTE UMA GUERRA CIVIL. POR ISSO ESTÁ CORRETÍSSIMA A BANCADA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, INCLUA AÍ OS 3 SENADORES – FÁTIMA BEZERRA (PT), GARIBALDI ALVES FILHO (PMDB) E JOSÉ AGRIPINO (DEMOCRATAS), E OS 8 DEPUTADOS FEDERAIS – ANTONIO JÁCOME (PODEMOS), BETO ROSADO (PP), FÁBIO FARIA (PSD), FELIPE MAIA (DEMOCRATAS), RAFAEL MOTTA PROS), ROGÉRIO MARINHO (PSDB), ZENAIDE MAIA (PR) E WALTER ALVES (PMDB), QUANDO APORTAM AO ORÇAMENTO DA UNIÃO DE 2018, RECURSOS PARA A SEGURANÇA PÚBLICA NO RIO GRANDE DO NORTE. TAMBÉM ESTÁ CERTO O GOVERNADOR ROBINSON FARIA, QUE CORREU ATRÁS DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA E CONSEGUIU APROVAÇÃO DE UM EMPRÉSTIMO DE QUASE 700 MILHÕES DE REAIS, QUE VÃO AJUDAR, SOBREMANEIRA A SEGURANÇA PÚBLICA. LOUVE-SE A ARTICULAÇÃO DO VICE GOVERNADOR FÁBIO DANTAS JUNTO AOS DEPUTADOS ESTADUAIS PARA CONSEGUIR ESSA APROVAÇÃO, COMO TAMBÉM O TRABALHO DA SECRETÁRIA SHEILA FREITAS, QUE TEM ATUADO MUITO BEM NA SEGURANÇA PÚBLICA, COM NÚMEROS MAISPOSITIVOS EM SUAS ESTATÍSTICAS MAIS RECENTES. AGORA A LUTA É COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, QUE POSSUI ALGUNS ÓBICES NA SUA BUROCRACIA PARA A LIBERAÇÃO DESSE DINHEIRO. AÍ VALE LEMBRAR QUE A BANCADA FEDERAL PODE PRESSIONAR O PRESIDENTE TEMER, PARA GARANTIR MAIS ESSE BENEFÍCIO AQUI PARA O ESTADO. É A MINHA MODESTA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

OS NOMES PARA AS ELEIÇÕES DE 2018

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 13-10-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES VÃO ACONTECER DAQUI A MAIS OU MENOS UM ANO, MAS O MOVIMENTO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E DOS INTERESSADOS EM APRESENTAR CANDIDATURAS JÁ COMEÇOU. EMBORA O ASSUNTO ESTEJA PRESENTE EM TODAS AS REUNIÕES E RODAS DE CONVERSA, SÓ UM PARTIDO, O PSDC, JÁ DISCUTE OBJETIVA E DIRETAMENTE, COM OS SEUS FILIADOS, A APRESENTAÇÃO DE NOMES PARA SEREM OFICIALIZADOS EM CONVENÇÃO, NO MOMENTO PROPÍCIO, NO PRÓXIMO ANO. SÃO OS NOMES DA ADVOGADA E VEREADORA CLORISA LINHARES PARA O CARGO DE GOVERNADORA, E DO PROFESSOR JOANILSON DE PAULA RÊGO, PARA O SENADO DA REPÚBLICA. HÁ TAMBÉM NO PR E NO PMB, O MOVIMENTO QUE DESEJA A CANDIDATURA DA DEPUTADA FEDERAL ZENAIDE MAIA, AO SENADO DA REPÚBLICA, COMO NO PSDB SE FALA NA CANDIDATURA DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, EZEQUIEL FERREIRA DE SOUZA COMO PRÉ CANDIDATO AO SENADO. É CLARO QUE EM ALGUNS PARTIDOS EXISTE A FIGURA DO CANDIDATO NATO, AQUELE QUE TEM O DIREITO DE PLEITEAR A CANDIDATURA OU O QUE SE ENCAIXA MELHOR NO PERFIL DE CANDIDATO. É O CASO DO PSD, QUE TEM NO GOVERNADOR ROBINSON FARIA, UM PROVÁVEL CANDIDATO À REELEIÇÃO. TAMBÉM É O CASO DO PT, QUE TEM NA SENADORA FÁTIMA BEZERRA, INEGAVELMENTE, O MELHOR NOME PARA DISPUTAR A INDICAÇÃO DO PARTIDO E O VOTO NAS URNAS. OUTROS PARTIDOS ESTÃO CHEIOS DE DÚVIDAS. É O CASO DO PMDB E TAMBÉM DO DEMOCRATAS. É A MINHA MODESTA OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 07H30M ÀS 08H30M, NA TV METROPOLITANO, CANAL DIGITAL 23.1, A PARTIR DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MAIS ALGUNS MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE.
NA REGIÃO OESTE, A PARTIR DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS, NO CANAL 25.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ PODE ASSISTIR O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE QUE ESTÁ PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

O PODER ENCANTA, INEBRIA, EXTASIA, ENTUSIASMA E ENGANA OS PODEROSOS

Ilustração – Nova logomarca do Instituto Índice Pesquisa. * Arte – Cassiano Cunha

O jornal O Estado de São Paulo – Estadão, publicou hoje um editorial analisando a pesquisa que a Fundação Perseu Abramo, do Partido dos Trabalhadores, realizou nos bairros mais pobres de São Paulo.

A análise está tão bem elaborada, explicada, que reproduzimos abaixo:

“O colapso do discurso petista – Toda a discussão sobre a divisão da sociedade entre “nós” e “eles”, promovida incessantemente pelo PT, é significativa somente para as classes médias e as suas redes sociais.

03 Abril 2017 | 05h00

A derrota sofrida pelo PT na eleição municipal de São Paulo foi tão acachapante que o partido resolveu tentar descobrir, com método científico, as razões desse desastre, que foi especialmente doloroso na periferia da capital, antigo reduto petista. Para isso, a Fundação Perseu Abramo, ligada ao PT, foi aos bairros mais pobres da cidade para entrevistar os eleitores que, embora tivessem votado no partido entre 2002 e 2012, se negaram a votar em Dilma Rousseff para a Presidência em 2014 e em Fernando Haddad para a Prefeitura em 2016.

O resultado desse trabalho ilustra o quão descolado da realidade está o discurso petista voltado para os mais pobres. Mais do que isso, permite perceber que esses eleitores, diferentemente do que apregoam os ideólogos petistas, consideram o Estado, e não a “burguesia”, como seu inimigo, valorizam a meritocracia e entendem que a crise ética da sociedade não é resultado de vícios estruturais, e sim de mau comportamento individual, que deve ser resolvido, antes de mais nada, pela família.

A pesquisa foi feita entre 22 de novembro de 2016 e 10 de janeiro deste ano, baseando-se em entrevistas em profundidade com moradores de bairros periféricos de São Paulo, acima de 18 anos, com renda familiar mensal de até cinco salários mínimos e que deixaram de votar no PT. Ao menos 30% dos entrevistados são ou foram beneficiários de programas sociais implementados pelos governos petistas. Ou seja, é o perfil tido como característico do eleitor petista, ao menos no imaginário dos que consideram o PT representante natural dos “excluídos”.

Como hipótese, o estudo afirma que o padrão de vida na periferia melhorou como resultado direto das políticas dos governos petistas, mas essa melhoria levou os moradores a “se identificarem mais com a ideologia liberal, que sobrevaloriza o mercado”. Com a crise econômica, prossegue a hipótese, esses moradores, ao contrário do que os petistas certamente esperavam, reagiram movidos pela “lógica da competição”, isto é, pela ideia de que é preciso que cada um trabalhe duro para superar os problemas. Tal visão é incompatível com uma ideologia que anula o indivíduo em favor da “classe trabalhadora”.

De um modo geral, a pesquisa concluiu que a política “não é prioridade no cotidiano” dos entrevistados. Quando falam do tema, em geral abordam os escândalos de corrupção. O estudo constatou também que “as categorias analíticas utilizadas pela militância política ou pelo meio acadêmico não fazem sentido para os entrevistados”, isto é, os embates entre “direita” e “esquerda” ou entre “reacionários” e “progressistas” simplesmente “não habitam o imaginário da população”. Além disso, constatou a pesquisa, “a cisão entre a classe trabalhadora e a burguesia também não perpassa o imaginário dos entrevistados”. Isso significa, em outras palavras, que toda a discussão sobre a divisão da sociedade entre “nós” e “eles”, promovida incessantemente pelo PT, é significativa somente para as classes médias e as suas redes sociais.

O estudo é obrigado a reconhecer que “o principal confronto existente na sociedade não é entre ricos e pobres, entre capital e trabalho, entre corporações e trabalhadores”, e sim “entre Estado e cidadãos, entre a sociedade e seus governantes”. Para os entrevistados, “todos são vítimas do Estado que cobra impostos excessivos, impõe entraves burocráticos, gerencia mal o crescimento econômico e acaba por limitar ou sufocar a atividade das empresas”. A maioria, ademais, se disse favorável a “uma atuação mais integrada entre poder público e iniciativa privada em favor da coletividade”.

Dessa forma, segundo a Fundação Perseu Abramo, “abre-se espaço para o ‘liberalismo popular’, com demanda de menos Estado”. A entidade sugere que, se quiser voltar a prevalecer nas urnas, “o campo democrático-popular precisa produzir narrativas contra-hegemônicas mais consistentes e menos maniqueístas”. É o reconhecimento, afinal, de que a estratégia petista de hostilizar as “elites” fracassou, e é também a prova de que um projeto político que racionalize o Estado, estimule a iniciativa privada e premie os melhores e mais esforçados é eleitoralmente viável.”

Como diz o título desta publicação, ‘o poder encanta, inebria, extasia, entusiasma e engana os poderosos’!

Isso é bom para a democracia!

Isso é bom para a alternância de poder!

Isso é bom para você!

Isso é bom para o Brasil!

É por aí!…

Casciano Vidal

Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

O PODER ENCANTA, INEBRIA, EXTASIA, ENTUSIASMA E ENGANA OS PODEROSOS

Ilustração – Nova logomarca do Instituto Índice Pesquisa. * Arte – Cassiano Cunha

O jornal O Estado de São Paulo – Estadão, publicou hoje um editorial analisando a pesquisa que a Fundação Perseu Abramo, do Partido dos Trabalhadores, realizou nos bairros mais pobres de São Paulo.

A análise está tão bem elaborada, explicada, que reproduzimos abaixo:

“O colapso do discurso petista – Toda a discussão sobre a divisão da sociedade entre “nós” e “eles”, promovida incessantemente pelo PT, é significativa somente para as classes médias e as suas redes sociais.

03 Abril 2017 | 05h00

A derrota sofrida pelo PT na eleição municipal de São Paulo foi tão acachapante que o partido resolveu tentar descobrir, com método científico, as razões desse desastre, que foi especialmente doloroso na periferia da capital, antigo reduto petista. Para isso, a Fundação Perseu Abramo, ligada ao PT, foi aos bairros mais pobres da cidade para entrevistar os eleitores que, embora tivessem votado no partido entre 2002 e 2012, se negaram a votar em Dilma Rousseff para a Presidência em 2014 e em Fernando Haddad para a Prefeitura em 2016.

O resultado desse trabalho ilustra o quão descolado da realidade está o discurso petista voltado para os mais pobres. Mais do que isso, permite perceber que esses eleitores, diferentemente do que apregoam os ideólogos petistas, consideram o Estado, e não a “burguesia”, como seu inimigo, valorizam a meritocracia e entendem que a crise ética da sociedade não é resultado de vícios estruturais, e sim de mau comportamento individual, que deve ser resolvido, antes de mais nada, pela família.

A pesquisa foi feita entre 22 de novembro de 2016 e 10 de janeiro deste ano, baseando-se em entrevistas em profundidade com moradores de bairros periféricos de São Paulo, acima de 18 anos, com renda familiar mensal de até cinco salários mínimos e que deixaram de votar no PT. Ao menos 30% dos entrevistados são ou foram beneficiários de programas sociais implementados pelos governos petistas. Ou seja, é o perfil tido como característico do eleitor petista, ao menos no imaginário dos que consideram o PT representante natural dos “excluídos”.

Como hipótese, o estudo afirma que o padrão de vida na periferia melhorou como resultado direto das políticas dos governos petistas, mas essa melhoria levou os moradores a “se identificarem mais com a ideologia liberal, que sobrevaloriza o mercado”. Com a crise econômica, prossegue a hipótese, esses moradores, ao contrário do que os petistas certamente esperavam, reagiram movidos pela “lógica da competição”, isto é, pela ideia de que é preciso que cada um trabalhe duro para superar os problemas. Tal visão é incompatível com uma ideologia que anula o indivíduo em favor da “classe trabalhadora”.

De um modo geral, a pesquisa concluiu que a política “não é prioridade no cotidiano” dos entrevistados. Quando falam do tema, em geral abordam os escândalos de corrupção. O estudo constatou também que “as categorias analíticas utilizadas pela militância política ou pelo meio acadêmico não fazem sentido para os entrevistados”, isto é, os embates entre “direita” e “esquerda” ou entre “reacionários” e “progressistas” simplesmente “não habitam o imaginário da população”. Além disso, constatou a pesquisa, “a cisão entre a classe trabalhadora e a burguesia também não perpassa o imaginário dos entrevistados”. Isso significa, em outras palavras, que toda a discussão sobre a divisão da sociedade entre “nós” e “eles”, promovida incessantemente pelo PT, é significativa somente para as classes médias e as suas redes sociais.

O estudo é obrigado a reconhecer que “o principal confronto existente na sociedade não é entre ricos e pobres, entre capital e trabalho, entre corporações e trabalhadores”, e sim “entre Estado e cidadãos, entre a sociedade e seus governantes”. Para os entrevistados, “todos são vítimas do Estado que cobra impostos excessivos, impõe entraves burocráticos, gerencia mal o crescimento econômico e acaba por limitar ou sufocar a atividade das empresas”. A maioria, ademais, se disse favorável a “uma atuação mais integrada entre poder público e iniciativa privada em favor da coletividade”.

Dessa forma, segundo a Fundação Perseu Abramo, “abre-se espaço para o ‘liberalismo popular’, com demanda de menos Estado”. A entidade sugere que, se quiser voltar a prevalecer nas urnas, “o campo democrático-popular precisa produzir narrativas contra-hegemônicas mais consistentes e menos maniqueístas”. É o reconhecimento, afinal, de que a estratégia petista de hostilizar as “elites” fracassou, e é também a prova de que um projeto político que racionalize o Estado, estimule a iniciativa privada e premie os melhores e mais esforçados é eleitoralmente viável.”

Como diz o título desta publicação, ‘o poder encanta, inebria, extasia, entusiasma e engana os poderosos’!

Isso é bom para a democracia!

Isso é bom para a alternância de poder!

Isso é bom para você!

Isso é bom para o Brasil!

É por aí!…

Casciano Vidal

Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

FLÁVIO BRAILE TURQUINO – BRASILEIRO HONESTO QUE REJEITOU A CORRUPÇÃO

Flávio Braile Turquino. * Foto – Internet – Livre

Anote este nome: Flávio Braile Turquino.

Até agora, ele é o único homem que resistiu e não aceitou os benefícios que a corrupção pode propiciar, como o dinheiro e o poder.

Flávio foi Diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal, no Ministério da Agricultura, na época do governo Dilma Rousseff.

Nomeado pela então ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, senadora pelo PT, no dia 22 de agosto de 2013, acabou exonerado, a pedido, em 24 de setembro do mesmo ano. Ficou no cargo 1 mês e 2 dias.

Flávio é considerado um homem honesto, porque rejeitou participar de um esquema, ou “mecanismo”, como bem definiu José Padilha. Flávio preferiu pedir demissão do cargo que ocupava, a ceder as pressões do deputado Eduardo Cunha e de Lúcio Funaro, para atender pleitos que beneficiariam Joesley Batista, um dos sócios da JBS/Friboi.

Detalhes dessa história, foram conhecidos com o depoimento de Alexandre Margotto, delator, nas oitivas da Operação Lava Jato.

Flávio é diretor da Campo Verde Trading BV, com sede em Amsterdam, especializada em carnes congeladas de alta qualidade (frango, porco e boi), produtos agrícolas e metais — não ferrosos, distribuídos em todo o mundo.

Flávio é brasileiro e acredita que vale a pena ser honesto!

Isso é bom para o Brasil!

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com