PATRÍCIA ANASTASSIADIS – A ARQUITETA CONTEMPORÂNEA DOS PROJETOS ACONCHEGANTES

Arquiteta Patrícia Anastassiadis. Foto: Divulgação.

Patrícia Anastassiadis assina o projeto arquitetônico do Île de Pipa Resort, o mais novo empreendimento da Vertical Engenharia, que vem para tornar o litoral do Rio Grande do Norte ainda mais atrativo.

Detalhe do projeto do Île de Pipa Resort. Imagem: Reprodução do projeto – Divulgação

O trabalho de Patrícia dá ao resort uma linguagem contemporânea e aconchegante que privilegia a contemplação, o descanso e o prazer da natureza, onde a arquitetura fica envolvida pela vegetação e pelas águas dos lagos e piscinas.

A arquiteta se destaca por assinar grandes e premiados projetos de Alto Padrão em nível internacional, com destaque para o Hilton Barra e o TXA de Trancoso, além de trabalhos em Portugal, Espanha, EUA e Chile.

Patrícia é diretora do Anastassiadis Arquitetos, um dos maiores escritórios de arquitetura do país, localizado em São Paulo. Conhecida pelo estilo detalhista, a arquiteta paulista está hoje entre os profissionais brasileiros mais solicitados para projetos de alto padrão.

O resort está localizado na Avenida Baía dos Golfinhos, 414, no coração de Pipa. Informações: (84) 3246-2717.

Aproveite o feriadão da Semana Santa e visite o decorado! .

Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do teatro.

Recomendo aos meus amigos!

Isso é bom pra você!

É por aí!…

Casciano Vidal

Com: Hilneth Correia

Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

LIVRE PENSAR É SÓ PENSAR. TEORI E AS TEORIAS. CONSPIRAÇÃO E MEDO!

 José Sarney, o grande ‘consigliere’. * Foto – Internet – Edilson Rodrigues – Agência Senado.

Dá medo pensar no desenrolar e nas consequências que podem acontecer na vida de todas as pessoas envolvidas no processo da Lava Jato. E até na vida de quem divulga detalhes, mesmo que particulares, sobre a Lava Jato.

O medo de pensar livre e afirmar livremente o que se pensa, leva os homens a esconder no coração as maiores e piores suspeitas da vida.

Michel Temer teria medo da Lava Jato? * Foto – Internet – Segredos do Mundo – – r7.com.

É de tremer e temer, imaginar que na viagem à Portugal, tenham ficado algumas horas sozinhos, dentro de um dos espaços de um avião da Presidência da República, o presidente Michel Temer, o grande consigliere José Sarney e o ministro do STF e do TSE, Gilmar Mendes.

Na sequência, dá um frio na espinha acreditar na grande coincidência da morte, em acidente aéreo de pequeno porte, do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato, no STF.

E o intestino vai se dobrar de dor, na infecção, ao se imaginar que o Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte jurídica do Brasil, vai sucumbir as coincidências tenebrosas que unem, ou não, estes acontecimentos.

 Gilmar conversou com Temer antes e depois do acidente que vitimou Teori. * Foto – Internet – André Coelho – Agência O Globo.

E imaginar que Gilmar Mendes foi conversar com o presidente Michel Temer, na residência oficial do Alvorada, no final da tarde de domingo, depois do sepultamento do corpo inerte, sem voz, sem comando na Lava Jato, do ministro Teori Zavascki.

Logo Gilmar, que agora é o único homem que conversou com o presidente Michel Temer, antes e depois do acidente que vitimou Teori.

Impossível não imaginar que eles não tenham conversado sobre a Lava Jato e os incômodos que a operação está causando nos meios políticos.

É muita coincidência!

Particularmente, tenho medo de coincidências!

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

 

DAR CARONA – LEGAL OU IMORAL? CADA CASO É UM CASO. VOCÊ DECIDE!

temer-e-gilmar-CongressoemFoco

O que aproxima Gilmar Mendes e Michel Temer? * Foto – Internet – Congresso em Foco.

Todo chefe de estado viaja com uma comitiva de convidados.

Todos os integrantes da comitiva do chefe de estado, seguem a agenda do chefe de estado nas viagens.

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, estava na comitiva do presidente Miche Temer na sua viagem à Portugal para participar das homenagens fúnebres ao falecido Mário Soares, ex-primeiro ministro naquele país.

Mas ele não foi sequer a primeira visita ao velório.

Parece até, que ele não integrava a comitiva do presidente brasileiro.

Seria uma espécie de ‘convidado especial’ ou teria pegado somente uma ‘carona’ na viagem presidencial.

Também estavam na comitiva, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o ex-presidente José Sarney.

“Um assunto menor”, segundo teria dito à imprensa o próprio ministro Gilmar Mendes, ao justificar sua ausência da agenda presidencial, devido a uma crise de labiritite.

O caso torna-se um assunto maior, porque Gilmar Mendes é a principal autoridade de um tribunal que vai julgar uma ação, na qual o presidente Michel Temer é réu.

O TSE vai julgar a ocorrência de abuso de poder econômico e poder político da chapa Dilma – Temer para conquistar a reeleição. Havendo condenação, Temer sai do cargo e haverá eleição indireta de presidente para um mandato-tampão.

Pior: a nação fica sem saber o teor da conversa dos dois, nas longas horas da travessia do Oceano Atlântico.

Esse é o dilema!

Gilmar não voltou com a comitiva. Preferiu ficar em Portugal.

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

 

JORGE REBELO DE ALMEIDA COMANDA INVESTIMENTO DO RESORT VILA GALÉ TOUROS

cópia de DSCF4922

Nos próximos dias, desembarca mais uma vez aqui em Natal, o presidente do Grupo Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida (na foto de Cristina Lira, com o governador Robinson Faria), para cumprir mais uma agenda de negócios e acompanhar as últimas providências nos pedidos de registro e liberação das licenças dos órgãos ambientais para o início das obras de contrução do Resort Vila Galé Touros.

O RESORT VILA GALÉ TOUROS

O Grupo Vila Galé é um dos mais importantes de Portugal na área hoteleira. Lá, são 20 hotéis, enquanto que aqui no Brasil são 7 unidades. O Resort Vila Galé Touros tem investimento aprovado de 28 milhões de euros e o grupo aguarda apenas as licenças oficiais para iniciar a construção. O resort de grande porte do Vila Galé que será erguido em Touros vai gerar 400 empregos diretos. O planejamento do grupo é iniciar as obras em janeiro de 2016 e inaugurar o empreendimento antes do final de 2017. Numa área à beira-mar, o Resort Vila Galé Touros, tem área de 4,5 mil hectares e entre os seus principais atrativos estão áreas de lazer, campos de futebol, quadras de esportes e piscinas. A estrutura vai atender as 466 unidades, entre chalés e apartamentos. Completam o projeto, um moderno Centro de Convenções, SPA, três restaurantes e cinco bares.

Já contando 29 anos de administração hoteleira, o Grupo Vila Galé gera 1.700 empregos nas suas unidades de Portugal e do Brasil.

Entusiasta do projeto, o presidente do Conselho de Administração do Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, declara que “o novo hotel Vila Galé Touros é um grande resort de “all inclusive” com o mesmo conceito dos Hotéis Vila Galé Marés, Guarajuba, Bahia e Vila Galé Cumbuco no Ceará, junto a uma praia maravilhosa”.

O APOIO DO GOVERNADOR ROBINSON FARIA

O projeto foi apresentado a imprensa num evento que contou com a presença de jornalistas, empresários do segmento do turismo e do governador Robinson Faria, que aproveitou para dar o seu aval ao empreendimento do grupo português: “O que depender de mim, do nosso governo, vamos trabalhar para que as obras sejam iniciadas o mais breve possível. Por mim, começariam hoje mesmo, mas precisamos atender a legislação”.

Satisfeito com a chegada do investimento, Robinson Faria disse que o Executivo vai se empenhar para agilizar tudo o que for preciso para garantir que o investimento do grupo português se consolide no Rio Grande do Norte.

Presente ao evento, entre outras autoridades, esteve também o diretor do Idema, Rondinelle Oliveira, ocasião em que afirmou que o prazo de 60 dias para a emissão da licença de instalação é razoável, justificando em seguida que “a área onde será construído o resort já possui a viabilidade ambiental, que é resultado de um processo iniciado anos atrás por outro empreendedor. Então a licença de instalação é uma consequência desta primeira”.

MOTIVOS PARA INVESTIR NO RN

Jorge Rebelo de Almeida acrescentou que “a escolha do Rio Grande do Norte para a instalação desse empreendimento se deu – inicialmente – com base em três motivos: Vontade da Vila Galé continuar a crescer no Brasil no segmento dos Resort’s, onde é já hoje a principal operadora; carência absoluta no Estado de uma infraestrutura hoteleira com este porte e este padrão de qualidade, que bem se justifica num Estado com o potencial turístico do Rio Grande do Norte; e a excelente acessibilidade viária, proximidade do novo e excelente Aeroporto de São Gonçalo do Amarante”.

E justifica um pouco mais o seu entusiasmo com a área do novo Resort Vila Galé: “Touros é uma praia extraordinária, com um envolvente meio ambiente, bem preservada, mantendo também características tradicionais, onde o resort estará rodeado por pequenas cidades pesqueiras, cuja qualidade de vida é uma das melhores do planeta”.

Finalizando, Jorge Rebelo de Almeida afirmou: “Estamos muito satisfeitos com o apoio do Governo do Rio Grande do Norte e da Prefeitura de Touros”.

O Resort Vila Galé Touros tem como público alvo, de acordo com os estudos de mercado elaborados, brasileiros e estrangeiros, das classes A e B. Ele cita que um dos atrativos que vai aumentar muito a procura pelo mercado interno de lazer, é a alta do dólar. O grupo também vai apostar na captação de turistas europeus, em função da variação cambial, o que tornou o Brasil bem mais atrativo para o turista internacional.

O Resort Vila Galé Touros chega para fortalecer o Rio Grande do Norte como destino turístico, all inclusive.

Casciano Vidal