3 DECISÕES FAZEM A SEMANA FICAR MAIS QUENTE EM BRASÍLIA

Supremo Tribunal Federal. * Foto – Internet – Livre

A definição, por sorteio, do sucessor do ministro Teori Zavascki, nesta quarta-feira, em Brasília; a eleição do presidente do Senado da República, também nesta quarta-feira, e a eleição do presidente da Câmara dos Deputados, amanhã, quinta-feira, são 3 decisões muito importantes para o futuro do Brasil.

No Supremo Tribunal Federal – STF, a maioria dos ministros acredita que o melhor nome, entre eles, é o do ministro Luiz Edson Facchin, por isso ele já está substituindo Teori, na segunda turma. Com Facchin assumindo a relatoria da Operação Lava Jato, não haveria problemas de continuidade nas apurações do maior roubo de dinheiro público do planeta.

Congresso Nacional. * Foto – Internet – livrespensadores.net

No Congresso Nacional, há expectativas com a eleição do presidente do Senado, onde o principal concorrente é o senador Eunício de Oliveira, do PMDB do Ceará, embora exista também a candidatura do senador José Medeiros, do PSD de Mato Grosso.

Na Câmara dos Deputados, o principal concorrente é o deputado Rodrigo Maia, do DEM do Rio de Janeiro, atual presidente, que depende ainda, de um julgamento do STF sobre a validade jurídica da sua candidatura. Os outros concorrentes são os deputados Jovair Arantes, do PTB de Goiás, e Rogértio Rosso, do PSD do Distrito Federal.

E fica um registro: os nomes de Eunício Oliveira e Rodrigo Maia estão com imagem extremamente negativa na opinião pública nacional, entre outras coisas porque são investigados na Operação Lava Jato.

E seria péssimo para as casas legislativas, manterem na presidência parlamentares investigados em casos de corrupção.

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com

NEM TEMER, NEM CÁRMEM E NEM GOVERNADORES… CRISE PENITENCIÁRIA SEM SOLUÇÃO

AdrianoAbreu-TribunadoNorte

Crise penitenciária sem solução. * Foto – Internet – Adriano Abreu – Tribuna do Norte.

Há cinco dias os presos do presídio de Alcaçuz dominam a área interna, onde já mataram 26 detentos. O governo do RN planeja retomar o controle até o final desta semana.

O governo federal e os governos estaduais, até o momento, estão tontos, sem uma solução de curto prazo para a crise no sistema penitenciário.

O poder executivo e o poder judiciário estão pressionados mas não conseguem apresentar e executar uma ação que acabe ou pelo menos minimize a crise.

Michel Temer - Exame - Abril.com

Michel Temer impotente na crise penitenciária. * Foto – Internet – Exame – Abril.com

O presidente Michel Temer, sem condições de atender pleitos financeiros dos governadores dos estados, cancelou a reunião onde seriam apresentadas as medidas para enfrentar a crise.

Temer disponibilizou o uso das Forças Armadas pelos estados para retomar o controle dos presídios.

Hoje Michel Temer receberá os governadores do Acre, Tião Viana; Amazonas, José Melo; do Mato Grosso, Pedro Taques; do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do Pará, Simão Jatene; Rondonia, Confúcio Moura; Roraima, Suely Campos, e Tocantins, Marcelo Miranda, para discutir o assunto.

A presidente do Supremo Tribunal Federal – STF, ministra Cármem Lúcia, também revela-se impotente para enfrentar a crise.

Solução, que seria bom, nenhuma!

É por aí!…

Casciano Vidal

PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com