A VINGANÇA: DRAMA SOCIAL SEM PIEDADE

O ESCRITOR ANTONIO MELO SUPERA O JORNALISTA ANTONIO MELO. E PERCEBA QUE O JORNALISTA TEM UMA HISTÓRIA DE SUCESSO, COM PASSAGEM PELOS MAIORES JORNAIS E REVISTAS DO PAÍS.

OS 70 ANOS DE VIDA E OS 56 DE EXPERIÊNCIA LABORAL DO JORNALISTA, DO REDATOR DE PUBLICIDADE E TAMBÉM DO MARQUETEIRO POLÍTICO, ESTÃO, INTEIRINHAS, NAS ENTRELINHAS DO ROMANCE “A VINGANÇA”, PUBLICADO PELA Z EDITORA, QUE É UM RELATO CRUEL DO DRAMA SOCIAL QUE CARACTERIZA A DUREZA DA VIDA NO NORDESTE, POUCO DIFERENTE DO QUE SE VÊ EM OUTRAS REGIÕES DO BRASIL E TAMBÉM DOS OUTROS PAÍSES LATINOS AQUI NAS AMÉRICAS.

EMBORA ABORDADAS SEM PROFUNDIDADE FILOSÓFICA, AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO POVO ESTÃO NA PRIMEIRA E MUITO BEM ELABORADA FICÇÃO LITERÁRIA DE ANTONIO MELO.

OS COSTUMES SOCIAIS, A RELIGIOSIDADE, A POLÍTICA, A CORRUPÇÃO E OS NEGÓCIOS COM O DINHEIRO DO GOVERNO SAINDO DOS COFRES PÚBLICOS PARA FINANCIAR CAMPANHAS ELEITORAIS, GUERRILHAS URBANAS, PISTOLAGEM E PROSTITUIÇÃO, ESTÃO RELATADOS COM MAESTRIA PELO EXPERIENTE REPÓRTER.

UM DETALHE CHAMA A ATENÇÃO E, DE CARA, COLOCA O AUTOR ANTONIO MELO ENTRE OS MELHORES QUE JÁ ESCREVERAM SOBRE AS AGRURAS SOCIAIS DO NORDESTINO: O RELATO FIEL E CRUEL DA DURA REALIDADE VIVENCIADA NO DIA A DIA DA POPULAÇÃO DESASISTIDA.

OS QUE RECEBEM AS BENESSES E OS PRIVILÉGIOS DO GOVERNO, NA OBRA DE ANTONIO MELO, FAZEM O QUE PODEM E O QUE NÃO DEVERIAM FAZER PARA MANTER AS SUAS MAMATAS.

MATAM E MANDAM MATAR, COMO UMA ATITUDE BANAL E PARTE DA JUSTIFICADA E NECESSÁRIA LUTA PARA A MANUTENÇÃO DOS BENEFICIOS PROPORCIONADOS PELO DINHEIRO PÚBLICO, FONTE INESGOTÁVEL DE RECURSOS PARA UMA REGIÃO CUJA POPULAÇÃO, INFELIZMENTE, VIVE QUASE QUE TOTALMENTE DOS RECURSOS DO TESOURO PÚBLICO, DO GOVERNO.

DÓI, MACHUCA, MAS É REAL E TODO MUNDO SABE. SABE, SIM, MAS FAZ DE CONTA QUE NÃO EXISTE. ATÉ OS DIAS ATUAIS.

AS PERSONAGENS DO DRAMA “A VINGANÇA” E AS SUAS ESTÓRIAS, NO BOM LIVRO DE ANTONIO MELO, SÃO PURA FICÇÃO. MAS, BASTA UMA LEITURA MAIS REFLEXIVA PARA QUE A SEMELHANÇA COM PESSOAS E HISTÓRIAS REAIS COMECEM A SE MISTURAR NESSE DRAMA TERRÍVEL, ONDE REPITO, AS PERSONAGENS E AS ESTÓRIAS, EMBORA FICÇÃO, ACONTECEM NUM CENÁRIO REAL, BASEADO EM HISTÓRIAS REAIS.

É DURO, MAS É A REALIDADE NARRADA NA FICÇÃO!

RECOMENDO! BOA LEITURA!

É POR AÍ!…

A VINGANÇA: DRAMA SOCIAL SEM PIEDADE

O ESCRITOR ANTONIO MELO SUPERA O JORNALISTA ANTONIO MELO. E PERCEBA QUE O JORNALISTA TEM UMA HISTÓRIA DE SUCESSO, COM PASSAGEM PELOS MAIORES JORNAIS E REVISTAS DO PAÍS.

OS 70 ANOS DE VIDA E OS 56 DE EXPERIÊNCIA LABORAL DO JORNALISTA, DO REDATOR DE PUBLICIDADE E TAMBÉM DO MARQUETEIRO POLÍTICO, ESTÃO, INTEIRINHAS, NAS ENTRELINHAS DO ROMANCE “A VINGANÇA”, PUBLICADO PELA Z EDITORA, QUE É UM RELATO CRUEL DO DRAMA SOCIAL QUE CARACTERIZA A DUREZA DA VIDA NO NORDESTE, POUCO DIFERENTE DO QUE SE VÊ EM OUTRAS REGIÕES DO BRASIL E TAMBÉM DOS OUTROS PAÍSES LATINOS AQUI NAS AMÉRICAS.

EMBORA ABORDADAS SEM PROFUNDIDADE FILOSÓFICA, AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO POVO ESTÃO NA PRIMEIRA E MUITO BEM ELABORADA FICÇÃO LITERÁRIA DE ANTONIO MELO.

OS COSTUMES SOCIAIS, A RELIGIOSIDADE, A POLÍTICA, A CORRUPÇÃO E OS NEGÓCIOS COM O DINHEIRO DO GOVERNO SAINDO DOS COFRES PÚBLICOS PARA FINANCIAR CAMPANHAS ELEITORAIS, GUERRILHAS URBANAS, PISTOLAGEM E PROSTITUIÇÃO, ESTÃO RELATADOS COM MAESTRIA PELO EXPERIENTE REPÓRTER.

UM DETALHE CHAMA A ATENÇÃO E, DE CARA, COLOCA O AUTOR ANTONIO MELO ENTRE OS MELHORES QUE JÁ ESCREVERAM SOBRE AS AGRURAS SOCIAIS DO NORDESTINO: O RELATO FIEL E CRUEL DA DURA REALIDADE VIVENCIADA NO DIA A DIA DA POPULAÇÃO DESASISTIDA.

OS QUE RECEBEM AS BENESSES E OS PRIVILÉGIOS DO GOVERNO, NA OBRA DE ANTONIO MELO, FAZEM O QUE PODEM E O QUE NÃO DEVERIAM FAZER PARA MANTER AS SUAS MAMATAS.

MATAM E MANDAM MATAR, COMO UMA ATITUDE BANAL E PARTE DA JUSTIFICADA E NECESSÁRIA LUTA PARA A MANUTENÇÃO DOS BENEFICIOS PROPORCIONADOS PELO DINHEIRO PÚBLICO, FONTE INESGOTÁVEL DE RECURSOS PARA UMA REGIÃO CUJA POPULAÇÃO, INFELIZMENTE, VIVE QUASE QUE TOTALMENTE DOS RECURSOS DO TESOURO PÚBLICO, DO GOVERNO.

DÓI, MACHUCA, MAS É REAL E TODO MUNDO SABE. SABE, SIM, MAS FAZ DE CONTA QUE NÃO EXISTE. ATÉ OS DIAS ATUAIS.

AS PERSONAGENS DO DRAMA “A VINGANÇA” E AS SUAS ESTÓRIAS, NO BOM LIVRO DE ANTONIO MELO, SÃO PURA FICÇÃO. MAS, BASTA UMA LEITURA MAIS REFLEXIVA PARA QUE A SEMELHANÇA COM PESSOAS E HISTÓRIAS REAIS COMECEM A SE MISTURAR NESSE DRAMA TERRÍVEL, ONDE REPITO, AS PERSONAGENS E AS ESTÓRIAS, EMBORA FICÇÃO, ACONTECEM NUM CENÁRIO REAL, BASEADO EM HISTÓRIAS REAIS.

É DURO, MAS É A REALIDADE NARRADA NA FICÇÃO!

RECOMENDO! BOA LEITURA!

É POR AÍ!…

NATAL DE PARABÉNS COM A FLIN

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 09-11-2017

OLHA, CÁ PRA NÓS, E O RESTO DO MUNDO, SEM SOMBRAS DE DÚVIDAS, DEVEMOS APLAUDIR A REALIZAÇÃO DE MAIS UMA EDICÃO DO NOSSO FESTIVAL LITERÁRIO DE NATAL – FLIN. A INICIATIVA DA PREFEITURA DE NATAL TEM DOIS NOMES RESPONSÁVEIS PELO NÍVEL EXCELENTE DO FESTIVAL A CADA EDIÇÃO. ESTOU ME REFERINDO AO PREFEITO CARLOS EDUARDO ALVES E AO SECRETÁRIO DE CULTURA DA PREFEITURA DE NATAL, DACIO GALVÃO. SÃO OS MAIORES RESPONSÁVEIS PELA QUALIDADE DO PROGRAMA, DOS TEMAS, DOS DEBATES E ESPECIALMENTE DOS CONVIDADOS QUE GARANTEM ÓTIMOS DEBATES E UM MUNDO DE PERCEPÇÕES PARA QUEM TEM INTERESSE PELA CULTURA LITERÁRIA E O MUNDO LIVREIRO. QUANTO MAIS DIFÍCIL ESTÁ A SITUAÇÃO DO PAÍS, MAIS IMPORTANTE SÃO AS REALIZAÇÕES DOS FESTIVAIS LITERÁRIOS, DAS FEIRAS DE LIVROS E AFINS. INEGÁVEL QUE QUEM LÊ MAIS, ADQUIRE MAIS INFORMAÇÕES, DESCOBRE MAIS SENSAÇÕES, PERCEPÇÕES E TRANSFORMA-SE NUMA PESSOA MELHOR. A LITERATURA TEM ESSA CAPACIDADE: DE TRANSFORMAR PESSOAS. SEJA A PARTIR DOS LIVROS INFANTIS, NAS CRÔNICAS, NA PROSA, NA POESIA, NO ROMANCE E TAMBÉM NA FICÇÃO. CRIADO O HÁBITO DA LEITURA, FICA MAIS FÁCIL ASSIMILAR OS ENSINAMENTOS DOS LIVROS DIDÁTICOS E DAS PUBLICAÇÕES ACADÊMICAS. POR ISSO TODA AÇÃO QUE PROMOVA E ESTIMULE A LEITURA, MERECE APLAUSOS. PARTICULARMENTE, CONSIDERO O INSTANTE MAIS SUBLIME, DIVINO MESMO DA VIDA, O MOMENTO EM QUE AMPLIAMOS O NOSSO CONHECIMENTO. NESTE MOMENTO ESTÁ ACESSA A CENTELHA DIVINA, PARA QUE O HOMEM POSSA COMPREENDER MELHOR A VIDA E ASSIM CIONQUISTAR UMA VIDA MELHOR. É ESSA A MINHA HUMILDE OPINIÃO! É POR AÍ!…

ASSISTA O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA – TV METROPOLITANO, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 8H30, NO CANAL DIGITAL 23.1, DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE. NO CANAL 25, DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS PARA A REGIÃO OESTE.
NO FACEBOOK, A QUALQER MOMENTO, VOCÊ ASSISTE O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA LIVE PUBLICADA NAS PÁGINAS CASCIANO JOSÉ VIDAL E TV METROPOLITANO.

POLÍTICO É A REPRESENTACÃO REAL DO POVO

OPINIÃO NO PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA, NA TV METROPOLITANO, EDIÇÃO DE 12-9-2017

OLHA, O BRASIL ESTÁ SACUDIDO COM OS NOVOS DETALHES DOS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO PROTAGONIZADOS POR PARTE DOS POLÍTICOS DO PAÍS, EM COMBINAÇÃO COM EMPRESÁRIOS QUE HÁ ANOS EXPLORAM CONTRATOS COM BANCOS, EMPRESAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS. ELES SEMPRE ENCONTRAM UMA BRECHA PARA A PRÁTICA DE ATOS DE CORRUPÇÃO, QUE SE ESPALHAM POR TODOS OS CANTOS DO PAÍS. QUE HÁ EMPRESÁRIOS HONESTOS NO PAÍS, HÁ SIM. QUE EXISTEM POLÍTICOS HONESTOS, TAMBÉM EXISTEM. MAS TAMBÉM HÁ OS DESONESTOS, OUSADOS, QUE NÃO ACREDITAM EM PUNIÇÕES, PROTEGIDOS POR UMA LEGISLAÇÃO BRANDA E TAMBÉM PELO FÓRO PRIVILEGIADO, QUE OS MANTÉM FORA DO ALCANCE DA JUSTIÇA E DOS RIGORES DA LEI. O QUE OS DESONESTOS NÃO CONTAVAM, ERA COM O AVANÇO TECNOLÓGICO, AS FACILIDADES DE GRAVAÇÃO DE SONS E IMAGENS, CONTRIBUINDO PARA QUE TUDO SEJA DESCOBERTO E NADA FIQUE EM SEGREDO. E SÃO OS APARATOS TECNOLÓGICOS QUE ESTÃO PROPORCIONANDO AO PAÍS, O CONHECIMENTO DE TUDO O QUE É FEITO DE MODO NADA REPUBLICANO. SE NA DEMOCRACIA OS POLÍTICOS REPRESENTAM O POVO, NATURAL QUE ESSA REPRESENTAÇÃO SEJA UMA REPETIÇÃO DO QUE EXISTE NA REALIDADE DA SOCIEDADE. SE HÁ HONESTOS NA SOCIEDADE, HÁ HONESTOS NA POLÍTICA. SE HÁ DESONESTOS NA SOCIEDADE, HÁ DESONESTOS NA POLÍTICA. E ASSIM, ELIMINANDO OS EXCESSOS QUE SÃO COMETIDOS, O BRASIL VAI DESCOBRINDO COMO SE ROUBA, PARA APLICAR A PUNIÇÃO. ASSIM CAMINHA A DEMOCRACIA BRASILEIRA EM BUSCA DO APERFEIÇOAMENTO. O QUE NÃO É UM PROCESSO RÁPIDO E NEM FÁCIL. E A REALIDADE VAI SE MOSTRANDO MUITO MAIS FORTE E IMPACTANTE DO QUE A FICÇÃO. É A MINHA OPINIÃO! É PORAÍ!…

O PROGRAMA PRIMEIRA PÁGINA VOCÊ ASSISTE, DE SEGUNDA À SEXTA, DAS 07H30M ÀS 08H30M, NA TV METROPOLITANO NO CANAL DIGITAL 23.1, A PARTIR DE NATAL PARA A TODA REGIÃO METROPOLITANA E MAIS ALGUNS MUNICÍPIOS DAS REGIÕES AGRESTE, POTENGI E MATO GRANDE.

A PARTIR DE MOSSORÓ E DE PAU DOS FERROS, NO CANAL 25. 

PAULO COELHO ACERTA DE NOVO A FÓRMULA: ESCREVE O QUE AS PESSOAS GOSTAM DE LER

     Gostei de ler “A Espiã”, livro simples e fácil. Da primeira à última página (de uma tirada só), Paulo Coelho repete, com maestria, o seu jeito de transformar histórias complicadas, cheia de variáveis, numa narrativa agradável, que flui muito bem na mente de quem está lendo.

image-12

* Capa criada por Alceu Chierosin Nunes, colorização de Olga Shirnina.

     Agora é a história de Mata Hari, numa versão romanceada, mas, sem o menor interesse em ser uma biografia de Margaretha Zelle, como o próprio autor informa no prefácio do livro.

image_4

* Reprodução com foto.

   Coitada de Margaretha, antes de ser “A Espiã”, adolescente foi estuprada pelo diretor da escola onde estudava. Procurou um casamento sem amor, acreditando que estaria conquistando estabilidade para a sua vida, mas arranjou um alcoolista que a espancava. Pior, sabendo do segredo dela, gostava de repetir a cena do estupro.

image-15

* Reprodução com foto.

   Cansada do sofrimento, se fez a mulher dona da própria história. E criou uma cheia de riqueza, luxo e luxúria, mas também com o ingrediente do suspense, ao se assumir uma espiã e acreditar, piamente, que tinha alguma importância no desenrolar da Primera Guerra Mundial.

image_2

* Reprodução com foto.

    Agora já era Mata Hari, que conquistou a fama com pequenas notas em jornais. Quase se encontra com Freud e participou de uma conversa onde estavam Pablo Picasso e Amedeu Modigliano.

image_3

* Reprodução com foto.

    Foi quando a fama subiu à cabeça e brincou de ser a espiã, quando na realidade colecionava fofocas, enquanto ganhava muito dinheiro dos seus homens.

image

* Reprodução com foto.

   Presa, conheceu a negação dos antigos amores pagos. Ninguém aceitou confirmar que a conhecia e restou ao seu advogado, um conselho usando palavras bíblicas. A derrota, uma despedida e a pena de morte.

image_6

* Reprodução com foto.

   Tempos depois, a confisão do promotor André Mornet, de que o processo foi baseado em deduções, extrapolações e suposições.

image_5

* Reprodução com foto.

   O enredo desenvolvido por Paulo Coelho é perfeito. A personagem, sem estrutura psicológica sólida, viveu no sofrimento e na bonança. Mentiu. Brincando com coisa séria, pagou com a vida. Triste, a ficção é baseada na história real.

    Paulo Coelho inova, mais uma vez, com “A Espiã”, repetindo a fórmula do sucesso. Só aumenta a liderança isolada, em qualquer ranking, contabilizando mais de 240 milhões de leitores, espalhados por mais de 170 países, para os seus 34 livros, publicados em mais de 80 idiomas.

    É o que eu penso.

    É por aí!…

    Casciano Vidal

    PS. Para falar com o autor: cascianovidal@gmail.com